AFC 42: Após lutar grávida no ano passado, Kinberly Novaes retorna com vitória e dedica ao filho

0
108

Após vencer Renata Baldan por decisão unânime no evento catarinense Noxii Combat, em maio do ano passado, Kinberly Novaes voltou logo aos treinos para se preparar para a sua estreia internacional pela organização americana Resurrection Fighting Alliance (RFA).

Durante a dieta, Kinberly passou a comer pouco e ao invés de perder peso, ganhou. A cada treino o cansaço aumentava, vieram as cãibras e dores.

Kinberly, então, procurou um médico, reclamando de “intestino preso”, porque a barriga permanecia inchada. Imediatamente o médico recomendou que ela fizesse um teste de gravidez – e para a surpresa de Kinberly e do namorado e também atleta Jacson Carvalho o teste deu positivo.

Kinberly comemora ao lado do namorado Jacson Carvalho e do treinador Marcelo Zulu (Foto: Lucas Lutkus)
Kinberly comemora ao lado do namorado Jacson Carvalho e do treinador Marcelo Zulu (Foto: Lucas Lutkus)

 

A peso-palha estava grávida desde antes de enfrentar Baldan e não sabia. Kinberly fez todos os exames necessários e certificou-se de que a gestação estava normal e o bebê cheio de saúde. Assim, Breno veio ao mundo, em novembro.

Poucas semanas depois, Kinberly voltou para a academia, reiniciando a rotina de treinos, aumentando o ritmo gradativamente. Depois de 14 meses longe do octógono e oito de ser mamãe pela primeira vez, Kinberly reencontrou a vitória e dedicou ao Breno.

Em uma guerra de três rounds, Kinberly superou a joseense Bianca Sattelmayer por decisão unânime, no Aspera FC 42, realizado neste sábado (6 de agosto), em Cosmópolis, interior de São Paulo.

Bianca começou melhor, trabalhando golpes no clinch, mas ao tentar derrubar foi surpreendida pelo grampo nas costas. Kinberly colocou os ganchos e chegou perto da finalização.

Bianca investiu no jogo de grade no segundo assalto, abriu vantagem, derrubou, mas no final sofreu um golpe duríssimo.

Kinberly voltou dominante para o terceiro e último, acertou uma boa joelhada, devolveu a pressão no clinch e garantiu a vitória por unanimidade. Vale lembrar que Bianca não bateu o peso na sexta-feira e por isso perdeu um ponto.

Kinberly anotou a nona vitória da carreira em 11 lutas. Já Bianca amargou a sétima derrota em 14 combates.

DEIXE UMA RESPOSTA