Aldo anuncia mudança para os leves de olho em revanche com McGregor

0
1187

 

Aldo quer revanche com McGregor - Foto: Divulgação
Aldo quer revanche com McGregor – Foto: Divulgação

Em entrevista ao Esporte Espetacular, o campeão peso-pena do UFC, José Aldo Júnior, revelou que irá subir para os pesos-leves. A intenção do brasileiro é fazer uma luta pelo título interino e garantir a chance de fazer uma revanche com Conor McGregor, atual detentor do título até 70 kg.

– Esse é o nosso maior objetivo: subir de categoria e fazer essa luta (contra McGregor) o quanto antes – revelou Aldo ao repórter Regis Rösing.

Há um ano, McGregor nocauteou o José Aldo em apenas 11 segundos no UFC 194, e depois subiu de divisão, nocauteou Eddie Alvarez e tornou-se o único lutador a conquistar títulos simultaneamente em duas categorias.

O irlandês decidiu abrir mão do cinturão até 66 kg. Como Aldo havia vencido Frankie Edgar na disputa do título interino dos penas, a organização resolveu promover Aldo diretamente ao posto de campeão linear.

Em dezembro, Max Hollaway nocauteou Anthony Pettis no UFC 206 e carimbou o passaporte para desafiar Aldo. Houve um acordo verbal para o confronto acontecer em fevereiro, em Nova Iorque – Aldo explica as mudanças.

– Era para eu lutar dia 11 de fevereiro, no peso-pena, normal. Mas meu adversário [Max Hollway] falou que estava cheio de problemas, não pode lutar. Então, a gente procurou fazer uma luta no peso-leve – uma categoria acima – disputar o cinturão interino, mas também o número um deles [Khabib Nurmagomedov] não aceitou. Agora, a gente está em busca de um adversário. Se tudo der certo, 3 ou 4 de março eu estarei lutando pelo cinturão interino, que futuramente isso me credencia a disputar o cinturão linear com o McGregor, que esse é meu maior objetivo hoje – revelou o campeão dos penas ao Esporte Espetacular.

Dedé Pederneiras e Aldo já haviam cogitado a mudança de categoria muito antes, quando o manauense ainda reinava dentro dos seus dez anos de invencibilidade, mas, agora, há um motivo maior, tornar-se campeão em duas categorias e tirar o “nó da garganta” com uma desejada vitória sobre o irlandês, provocador, porém, disciplinado e preciso nos golpes.

DEIXE UMA RESPOSTA