Amanda Ribas tem vitória dominante no UFC Brasília e pede Paige VanZant

0
115

Amanda Ribas chegou a três vitórias consecutivas no UFC. Mesmo a edição de Brasília com portões fechados, a mineira disse sentir a vibração da torcida e a transformou em motivação para dominar os três rounds contra a canadense Randa Markos.

Amanda aceitou a trocação franca, esteve a frente na agilidade e no volume de golpes. Com o gás em dia, a brasileira buscou a finalização no terceira e última parcial. Amanda tentou uma Kimura da montada e na sequência chegou perto de ajustar um katagatame. Ela ainda conseguiu angariar pontos importantes descendo os cotovelos e boas marretadas por cima.

Desde que eu comecei a estudar a Randa Markos como oponente, vi que ela era uma adversária muito forte que conseguia anular o jogo dos oponentes. Eu consegui mostrar que não sou uma atleta só de judô ou só de jiu-jitsu ou só de muay thai. Eu sou uma atleta de MMA. Lutei em pé, no chão. Claro que eu queria o nocaute ou afinalização, mas a vitória veio, revelou a atleta da ATT.
 
Agora eu quero duas semansa para curtir a vitória. Eu quero lutar com a Paige VanZant, a gente estava programada e eu ainda quero enfrentá-la. Se ela quiser lutar no peso-mosca, eu estou aqui, esperando. Mas eu sou ambiciosa. Também toparia lutar com a vencedora da luta entre a Carla Esparza e a Michelle Waterson. Tenho certeza que seria uma grande luta.

DEIXE UMA RESPOSTA