Após 33 meses afastado, ex-pesado Diogo Bebezão retorna 45 kg mais magro e com vitória no Aspera FN

0
954
Bebezão conversou com o MAISMMA sobre retorno ao MMA - Foto: Arquivo pessoal
Bebezão conversou com o MAISMMA sobre retorno ao MMA – Foto: Arquivo pessoal

De volta ao MMA após 2 anos e 9 meses afastado, Diogo “Bebezão” Silveira anotou uma vitória importante e muito especial para a sua carreira no último sábado (24). Resiliente, o novo Bebezão deixou para trás a vida “pesada” e utilizou o tempo para atingir novos objetivos, o primeiro deles emagrecer cerca de 45 quilos.

Antes, Bebezão precisava perder peso para atingir o limite da categoria peso-pesado (120 kg). Agora, pesando em média 100 kg, o catarinense mira a categoria meio-pesado (93 kg).

Em seu retorno, na luta principal do Aspera Fight Night, na cidade de Navegantes (SC), no último final de semana, o faixa-preta da Nova União Joinville fez um confronto no peso casado (até 100 Kg) contra o atleta do estado do Rio de Janeiro Julio “Morangão” Vieira, representante do Team New Corpore.

Ambos começaram se estudando na troca franca de golpes em pé, e confiante em seu Jiu-Jítsu, Bebezão entrou nas pernas do adversário, levando-o para as grades em busca da queda. Morangão tentou defender, mas acabou desferindo cotoveladas irregulares na nuca de Bebezão.

O árbitro central Isaky Coelho interrompeu aos 50s do primeiro round, desclassificando o visitante. Bebezão não esperava que acabasse dessa forma, mesmo assim vibrou e agradeceu por voltar a fazer aquilo que mais gosta.

– Saí com a vitória, mas infelizmente não foi como eu gostaria. Após alguns momentos na luta na parte em pé, tive a oportunidade de entrar em queda no meu adversário. Quando coloquei ele na grade, recebi cerca de 4 ou 5 cotuveladas irregulares. O árbitro interrompeu o combate desclassificando o meu adversário.
Só tenho a agradecer a todos que estavam torcendo por mim e que estão sempre me apoiando – revelou o “fininho” Bebezão, que mira descer mais uma categoria.

– Meu foco hoje é voltar a fazer o que amo que é lutar MMA, agora visando os eventos internacionais. Estou hoje na categoria até 93 kg, mas pretendo baixar para os 84 kg.

Bebezão revelou ainda que muitas das marcações em vermelho em seu Sherdog, foram de lutas que não fez uma preparação cem por cento adequada e a questão de não fazer um trabalho especial em cima do peso também custou cara, e que de agora em diante tudo será planejado com muito mais cuidado e profissionalismo.

– Ainda tenho muita lenha para queimar e vocês podem ter certeza que ainda irão ouvir o nome ‘Diogo Bebezão’ lutando lá fora.

DEIXE UMA RESPOSTA