Invicto, Rodrigo Magalhães busca décima vitória em segunda luta na Rússia

0
198
Magalhães (D) quer escreveu seu nome em território russo - Foto: M1
Magalhães (D) quer escreveu seu nome em território russo – Foto: M1

Rodrigo Magalhães conhece bem o território russo. Com passagem pelo M-1 em 2015, Rodrigo vai busca a décima vitória na carreira contra Apti Bimarzaev, no WFCA 53, que acontece na Chechênia, nesta quinta-feira (4).

O Brasil perdeu 75% das lutas disputadas esse ano na Rússia, mas Rodrigo quer diminuir a vantagem dos donos da casa com uma boa vitória sobre o bielorrusso. Invicto no MMA, Rodrigo revela não sentir nenhum tipo de pressão por lutar em “território hostil”.

– Essa será a minha segunda luta na Rússia. Na primeira, pelo M-1, eu empatei. Foi a minha estreia internacional, e confesso que não senti pressão. Eu apenas não consegui mostrar bem o meu trabalho. Existe uma pressão para quem está lutando na casa do adversário, mas eu não senti isso na estreia e espero não sentir nesta luta – revelou o atleta da MTK Global.

Rodrigo tem como ponto forte no seu jogo a luta de chão. Em nove vitórias no MMA, sete vieram através da finalização. Oriundo da Luta-Livre, ele treina com o experiente André Chatuba na RFT (Renovação Fight Team) e, assim como Chatuba, tem como carro chefe o triângulo de mão.

– A ideia é me movimentar bastante, porque ele é um cara arisco e perigoso na luta em pé. Vou confiar no meu treinamento e tentar impor o meu jogo na luta agarrada. Mas estou preparado em pé também, tenho trabalhado bastante com o Fernando Nonato a minha trocação e estou pronto para atuar em todas as áreas – analisou Rodrigo, visando se destacar na organização.

– Meu objetivo é mostrar um bom trabalho. Dar um passo de cada vez. Quero me apresentar bem, dar um show e mostrar do que sou capaz.

DEIXE UMA RESPOSTA