Big Bones crava o peso e promete buscar nocaute na briga por 1 milhão no PFL

0
746

Anderson “Big Bones” Gonçalves faz a sua estreia no GP de pesos-médios do Professional Fighters League (PFL) nesta quinta-feira em Washington (EUA). Ex-meio-médio, Big Bones não sofre tanto para bater os 84 kg da divisão de cima, por isso ele subiu à balança com um semblante bastante tranquilo na quarta pela manhã, cumprindo o compromisso e a tradicional encarada sem maiores problemas.

Já o seu adversário, o experiente Louis Taylor, com passagem pelo Strikeforce e Bellator também cravou o peso. Big Bones e mais 11 lutadores do peso-médio começam a briga pelo prêmio de 1 milhão de dólares. Outros três brasileiros estão no páreo: Danilo Villefort, Bruno Carioca e André Lobato.

Nascido no Paraná, radicado em Santa Catarina, Big Bones treina em Balneário Camboriú e é de lá, dos treinos na Astra Fight Team que sai toda a sua confiança para vencer o primeiro desafio no torneiro. Em um bate-papo com o MAISMMA direto de Washington, Big Bones avaliou o oponente e comentou as expectativas para o GP.

– Sei que ele é um cara experiente, passou por grandes eventos, tem uma boa guilhotina, mas estou preparado para qualquer situação. Fiz um ótimo trabalho com os meus técnicos, o Marcelo Brigadeiro vem me lapidando, puxando a minha orelha e me direcionando pelo melhor caminho. Tem o mestre Alexandre Guerra afiando a minha mão e quando ela entrar tenho certeza que ele vai sentir. Conto com o Tim Ruberg no Wrestling e posso dizer que se meu adversário tentar me derrubar vai tomar uma contra-queda. A preparação física com o Jeferson Fajardo foi excelente. Estou pronto para qualquer situação. Vou endurecer para o lado dele. Vou buscar o nocaute e fazer como nas minhas últimas lutas, terminar no primeiro round. É manter os pés no chão e quando tiver a chance definir e ter o braço erguido. Estou muito feliz de participar de um GP com essa premiação de 1 milhão de dólares, pode mudar a vida de qualquer um. Vou agarrar essa oportunidade com todas as forças. Deixo um agradecimento especial a todos os técnicos e companheiros de Astra Fight Team, que me amassaram todos os dias, foram vários ‘esfregas’, treinei muito bem. Estou confiante na vitória e o mérito é todo do meu time que me ajudou chegar até aqui – destacou Anderson, um dos atletas com a maior envergadura da competição.

PFL 3 – Lutas de meio-médios e médios:

Card Principal:

  • Jake Shields (170.5) vs. Ray Cooper III (170.5);
  • Abubakar Nurmagomedov (171) vs. Pavel Kusch (169.50);
  • Rick Story (170.5) vs. Yuri Villefort (170.5);
  • Shamil Gamzatov (185.50) vs. Eddie Gordon (186);
  • John Howard (185.50) vs. Gasan Umalatov (185.75).

Card Preliminar:

  • Herman Terrado (169.25) vs. Magomed Magomedkerimov (170.75);
  • Joao Zerferino (170.75) vs. Paul Bradley (171);
  • Bruno Santos (185.75) vs. Sadibou Sy (185.5);
  • Louis Taylor (186.0) vs. Anderson Goncalves (185.5);
  • Rex Harris (185.75) vs. Andre Lobato (185.25);
  • Danillo Villefort (183.75) vs. Abuspiyan Magomedov (no peso);
  • Bojan Velickovic (170.25) vs. Jonatan Westin (170.5).

 

DEIXE UMA RESPOSTA