Coração gigante: Marina Rodriguez resiste a chave de braço e na garra vence no UFC Filadélfia

0
166

Uma das selecionadas do Contender Series e com sede de vitória após empate com Randa Markos em sua estreia no Ultimate, em setembro do ano passado, Marina Rodriguez voltou ao octógono para deixar toda a sua garra e técnica, aliadas a agressividade no duelo com Jessica Aguilar no UFC Filadélfia, no último sábado. 

Gaúcha radicada em Santa Catarina, a atleta da Thai Brasil Floripa, formada pelo mestre Marcio Malko, conseguiu impor seu Muay Thai afiado com um arsenal de combinações. 

Marina aproveitou a maior envergadura para conectar golpes à distância e distribuir joelhadas no clinche. Marina tomou um susto no primeiro round, quando a mexicana encaixou um armlock, chegando a envergar o seu braço.

A brasileira resistiu bravamente e manteve a luta de pé, sempre pontuando. Aguilar acabou o combate com o rosto bastante magoado e sangrando, enquanto a Marina apresentava um inchaço no olho esquerdo.

Apesar de perder um ponto por acertar duas vezes o dedo no olho da rival, involuntariamente, Marina teve o braço erguido por decisão unânime, anotando o seu primeiro triunfo na organização. 

DEIXE UMA RESPOSTA