Cris Cyborg diz que luta pelo título vago no UFC 214 é uma defesa de cinturão

0
179

Ex-campeã peso-pena do Strikeforce e campeã da categoria até 66 kg do Invicta, Cristiane “Cyborg” Santos afirma que luta pelo título da categoria, que está vago, do Ultimate no UFC 214 será uma defesa de cinturão. Ela enfrenta Tonya Evinger no dia 29 de julho, em Anaheim na Califórnia.

“Atualmente, eu vejo essa luta para mim como uma defesa de título. Eu não perdi o meu título. Eu deixei ele vago. A forma que eu vejo isso, vai ser uma defesa de título. Nos olhos de algumas pessoas, vale mais do que o cinturão que eu já carreguei. Mas, para mim, é apenas mais uma defesa (…) Eu sempre treinei e me dediquei para ser a desafiante número um, mesmo sendo a campeã.”

Cyborg fez suas duas últimas lutas pelo UFC em peso-casado contra Leslie Smith e Lina Lansberg. Ela derrotou as duas lutadoras por nocaute no primeiro e segundo round, respectivamente.

O UFC 214 conta com três lutas por título. Daniel Cormier defende seu cinturão meio-pesado contra Jon Jones em revanche na luta principal e Tyron Woodley bota seu título mundial dos meio-médios em jogo contra o brasileiro Demian Maia, além da já citada luta entre Cyborg e Evinger.

DEIXE UMA RESPOSTA