Daiana Torquato retoma carreira, vence quatro seguidas e credita lapidação a Marcio Malko: “Me resgatou”

0
437

Você sabia que “lapidário” é o nome que se dá ao profissional que se utiliza de equipamentos para lapidar e modelar pedras brutas? É ele quem dá o brilho e fascínio às pedras que a natureza produz. 

Se substituirmos a palavra “equipamento” por conhecimento, acrescentar tempo e dedicação, poderemos dizer que o trabalho de Márcio Malko, com mais de 20 anos de experiência nas artes marciais, líder da equipe Thai Brasil Floripa, é idêntico ao do lapidário.

Marcião como é carinhosamente chamado por seus comandados, ministra aulas e forma atletas no Muay Thai, sua especialidade, mas ultimamente ele tem se dedicado a lapidar algumas “pedras” no MMA.

A primeira pedra a ser lapidada e a se destacar no cenário mundial do Mixed Martial Arts foi Marina Rodriguez, que brilhou nos eventos nacionais, depois no Contender Series e agora reluz no UFC.

A pedra da vez agora é Daiana Torquato, que revelou estar prestes a abandonar a sua carreira quando conheceu o “lapidário” Marcio Malko, e passou a integrar a Thai Brasil Floripa.

Vale lembrar que quando falamos do trabalho de Marcião, existe um grande material humano por trás, a mão de Alexandre de Souza cuidando da parte de chão, companheiros de Thai Brasil dando aquela pressão no treino e os cuidados da agência Top Fight.

Daiana chegou à equipe com um cartel de quatro vitórias e três derrotas. Em oito meses a catarinense dobrou o número de vitórias, todas em eventos de destaque no Brasil. Ela anotou a primeira no WOCS 53 (nov/2018), depois faturou um GP com duas lutas na mesma noite e um cinturão no Thunder Fight 18 (dez/2018) e no último sábado protagonizou uma guerra, saindo com o braço erguido no Standout Fighting Tournament 11.

Motivada pelo método de trabalho empregado pelo mestre Marcião, pelo acolhimento de toda a equipe Thai Brasil Floripa, Daiana comenta a boa fase e mira o topo.

– Há oito meses eu estava desacreditada do mundo da luta. Então, conheci o mestre Márcio Malko, que me apresentou sua forma de trabalho. Me deparei com um profissionalismo que nunca tinha visto nas artes marciais, nível técnico altíssimo. Ele faz todo um trabalho personalizado, onde o atleta evolui em todos os aspectos profissionais. Realmente um transformador de atletas. Em apenas oito meses trabalhando com o Marcião, mudamos a minha forma de lutar e conquistamos quatro vitórias consecutivas. Todo o planejamento de carreira que me foi apresentado está sendo realizado. Estamos prontos para lutarmos com as melhores da minha categoria e esperando a oportunidade de assinar com o maior evento do mundo – revela a peso-mosca.

DEIXE UMA RESPOSTA