Elizeu Capoeira supera Alexey Kunchenko em luta dura e volta a vencer no UFC Brasília

0
142


O paranaense de Francisco Beltrão teve um páreo duro esta noite com o russo Alexey Kunchenko no card preliminar do UFC Brasília.

Ambos queriam reencontrar a vitória a todo custo. Capoeira foi parado pelo chinês Jingliang Li no UFC China, em agosto do ano passado e teve uma sequência de sete triunfos quebrada.

Kunchenko também vinha de revés para Gilbert Burns no mesmo mês, em 2019.

Os dois mantiveram o confronto praticamente todo em pé. Elizeu encontrou a distância com o passar dos minutos no primeiro round, absorveu as mãos duras que entraram – nenhuma que o fizesse correr riscos – e passou a pontuar mais, a soltar mais o jogo.

As combinações do paranaense fizeram a diferença, um chute rodado quase findou o combate.

Kunchenko que chegou à marca de 20 vitórias sem conhecer a derrota – antes dos reveses para Durinho e Elizeu – utilizou a sua experiência para tentar pontuar e inverter as papeletas.

Elizeu ainda conseguiria colocar o visitante de costas no chão no final da luta, garantindo a vitória por unanimidade com um bom ground and pound.  

Eu tive um erro de percurso na minha última luta e acabei sendo derrotado. Eu estava muito focado para essa luta, só queria vencer. Vim para isso, representar minha equipe e minha família da melhor forma possível. E foi isso que aconteceu. Eu precisava levar a luta para onde pudesse vencer. Sair com a vitória era o mais importante, destacou o capoeirista.

Após missão cumprida, Elizeu quer voltar para casa e descansar na “sombra” alguns dias.

Agora penso em descansar uma semana. Se o UFC me chamar, eu já vou estar preparado para lutar no evento. Quero lutar com os melhores, foi isso que eu vim fazer. Quero mostrar que sou capaz de ser um dos melhores.


DEIXE UMA RESPOSTA