Exclusivo: Rafael Carvalho fala sobre Sakara, trajetória e próximos passos no Bellator

0
646

Rafael Carvalho é o campeão dos médios do Bellator MMA desde outubro de 2015. Há quase dois anos no trono da segunda maior organização de MMA do mundo, Rafael percorreu um longo caminho até alcançar o ouro. Luiz Cado Simon, Melvin Manhoef, Joe Schilling e Brandon Halsey são alguns dos nomes que foram derrotados por Carvalho.

O MaisMMA teve o prazer de realizar uma entrevista exclusiva com o nocauteador e assuntos como rivalidades, próximo combate e adversários ideais foram abordados.

Logo no início da conversa, fora abordada a luta do campeão contra Alessio Sakara que está marcada para dezembro. Rafael falou um pouco sobre e também em relação ao próximo adversário em caso de vitória.

“Vai ser minha terceira luta e devo sempre estar preparado, ainda mais nessa nossa profissão. Então, uma superluta ou subir de categoria estão dentro dos planos, ver o que é melhor pra mim junto dos meus treinadores, porque eu nunca subi de categoria, sempre lutei nessa (médio, até 84 kg). Vou esperar também o vencedor desta luta entre Shlemenko e Mousasi, pois quando ele (Mousasi) assinou o contrato disse que gostaria de lutar pelo cinturão. Vamos esperar, vamos ver, sou empregado do Bellator e tenho de esperar o que eles acham de melhor”, concluiu o campeão.

Carvalho ainda deu mais detalhes sobre a luta contra Sakara, em relação ao jogo e como será sua atuação.

“Então, o Sakara está numa categoria acima. Ele vem de duas vitórias consecutivas e acho que o jogo dele casa com o meu, ele é um striker também. Então acho que não fugiria da luta em pé, mas sou um lutador de MMA. Não vejo ele me levando para o chão, e nem tem porque levar. Não posso dar pistas de como estão sendo meus treinos, estou treinando normal e o (André) Dida está dividindo atenção com outros atletas, vai ter atleta que vai lutar o UFC agora, então ainda não posso ter um treino bem específico para essa luta. Vamos esperar um tempo e aí ter uma tática em mente”, analisou Rafael.

Rafael falou sobre mudanças em sua vida profissional e pessoal logo após conquistar o título do Bellator e também comentou sobre “sondagens” de outros eventos.

“As coisas mudaram em relação ao reconhecimento. Acho que no resto as coisas não mudaram muito. Em questão de contratações sempre existe, mas como eu tenho contrato em vigor com o Bellator, procuro respeitar, até por ser o evento que me deu a oportunidade de mostrar meu trabalho”, disse Rafael, que assinou com o Bellator em 2014 e estreou nocauteando Brian Rogers.

Carvalho direcionou algumas críticas ao meio-pesado Chael Sonnen há algum tempo. Quando perguntado sobre o desafio feito, Rafael discorreu sobre o interesse de uma luta contra o americano, que derrotou Wanderlei Silva recentemente.

“Então, o desafio para o Sonnen continua de pé, não saiu dos meus planos. Mas, vamos com um passo de cada vez. Temos de jogar uma isca para que ele vá morder, bolar algum plano com o pessoal do marketing, para atrair ele. Irritar, provocar, instigar ele a lutar, chamaria a atenção dele”, falou o aluno de André Dida que já havia direcionado provocações ao ex-UFC.

Por último, Rafael mandou um recado aos fãs e agradeceu a conversa.

“Então, o recado que eu mando para os meus fãs é que eu agradeço pela torcida, obrigado por me acompanharem o meu trabalho. Só tenho a agradecer pois a torcida me motiva ainda mais e é isso aí. Obrigado pela oportunidade de estar podendo falar um pouco sobre mim e da minha carreira, valeu, abraço, encerrou Rafael que luta com Alessio Sakara no dia 9 de dezembro em Florença, na Itália.

DEIXE UMA RESPOSTA