Glaico França inicia corrida pelo milhão do PFL nesta quinta-feira: “Estou pronto”

0
192
Glaico se diz pronto para o topo do PFL Foto: Arquivo pessoal

Glaico França ficou conhecido do grande público do MMA quando finalizou todos os seus adversários e conquistou a quarta temporada do TUF Brasil. No entanto, o catarinense de Curitibanos não conseguiu repetir o bom desempenho da casa quando chegou ao Ultimate. Ele sofreu duas lutas derrotas e acabou demitido. Ele deu a volta por cima, engatou quatro vitórias seguidas no Brasil e foi convocado para lutar pelo Pancrase. Venceu na estreia e em sua segunda luta pelo evento japonês se sagrou campeão dos meio-médios. O bom momento rendeu a Glaico um contrato com o Professional Fighters League (PFL). Sua estreia acontece nesta quinta-feira, dia 9 de maio, em Nova Iorque, quando ele enfrenta o russo Gamzat Khiramagomedov pelo GP dos meio-médios.

“A expectativa é a melhor possível. A PFL é um evento gigante, tem um formato diferente. É disputado em formato de GP. Eu já conhecia organização, e tinha vontade de fazer parte dela. E o meu manager, sem que eu soubesse (risos), me colocou no evento. Então, uniu o útil ao agradável. Estou muito feliz em fazer parte da PFL, principalmente porque eles cuidam bem do atleta. Estou pronto para fazer a escalada e me tornar campeão até 77kg da PFL”, declarou Glaico.

O torneio da PFL conta com 12 participantes e as lutas são eliminatórias. Glaico, que possui um cartel com 19 vitórias – sem contar as três vitórias do reality show que não entram no cartel – e apenas quatro derrotas, terá pela frente um adversário invicto no MMA. Mas isso não preocupa o brasileiro, que garante estar preparado para sair com a vitória e avançar no torneio dos meio-médios.

“Meu oponente está invicto. Ele tem seis lutas profissionais, mas muita experiência no MMA amador. É um cara duríssimo! Mas eu venho de uma sequência legal de vitórias. Atribuo esse bom momento ao meu trabalho e da minha equipe. Costumo dizer que MMA não é um esporte individual.  Digo isso, porque ninguém é campeão mundial batendo em saco de pancada ou fazendo sombra. Então, tenho certeza que estou muito bem preparado e pronto para ser campeão. Respeito os meus adversários, mas eu tenho certeza que ninguém se dedica mais do que eu”, decretou.

DEIXE UMA RESPOSTA