Igor Soares vence Maycon James em luta insana e fatura cinturão do Warrior Challenge; Irmãos Albuquerque brilham

0
2666

Todas as lutas foram especiais, mas uma delas foi de tirar o fôlego. Igor Soares e Maycon James deram um show à parte e brindaram o público do Warrior Challenge 15, evento organizado pelo faixa-preta Eduardo Gomes, o Duda, realizado nas dependências da academia CM System Itapema, em Itapema, neste sábado (29).

Igor Soares comemora primeiro cinturão - Foto: Valmir Silva/MAISMMA
Igor Soares comemora primeiro cinturão – Foto: Valmir Silva/MAISMMA

Igor Soares vence James em guerra de 15 minutos e fatura cinturão

Após dois anos longe do octógono por conta de uma cirurgia no joelho, James voltou a ativa disposto a conquistar o cinturão peso-leve do evento mais assíduo do litoral norte de Santa Catarina. Igor Soares, representante da Thai Brasil de Florianópolis, mostrou um coração ainda maior do que o atleta da equipe da casa e estragou a festa. Igor começou melhor e logo na primeira etapa aplicou um knockdown, chegando perto da vitória. James sabia que precisava recuperar a diferença e desferiu cruzados pesadíssimos no segundo. Um deles entrou em cheio e Igor desabou, recuperando-se imediatamente e colocando a luta de pé. James definitivamente garantiu o round com uma queda no final. Igor foi para o intervalo com um sangramento no rosto que perpetuaria até o soar final do gongo.

O terceiro round seria decisivo. Ambos sabiam que o vencedor nos últimos cinco minutos sairia do cage como campeão. Igor se mostrou mais inteiro fisicamente e aplicou golpes mais frequentes e precisos do que James, aparentemente mais cansado. Para garantir a maior triunfo de sua ainda recente carreira e o cinturão do Warrior Challenge, Igor conseguiu uma queda e encerrou batendo por cima, antes de comemorar nos braços dos treinadores e “paizões” Marcio Malko, responsável pela formação e trocação de Igor e Alexandre de Souza, treinador de chão do prospecto brasileiro.

Alessandro Albuquerque vence mais uma diante da torcida - Foto: Valmir Silva/MAISMMA
Alessandro Albuquerque vence mais uma diante da torcida – Foto: Valmir Silva/MAISMMA

Irmãos Albuquerque brilham em casa

Os irmãos e crias do projeto social “Formar Cidadãos” Alessandro Albuquerque e Tiaguinho Albuquerque mais uma vez deram alegrias aos amigos e familiares presentes no WC 14. Primeiro foi a vez do mais novo, Tiaguinho derrotar Luiz Oliveira em um guerra nas regras do K-1.

Alessandro encontrou um adversário duríssimo pela frente, Silas Alves, da Thai Brasil Curitiba. Alessandro avançava e Silas respondia com contundência, sempre no contra-golpe. Alessandro conseguiu achar a distância e entrou com boas combinações de socos, faturando a vitória da mesma forma que o caçula, por decisão unânime.

Cearense fatura título amador e faz a festa - Foto: Valmir Silva/MAISMMA
Cearense fatura título amador e faz a festa – Foto: Valmir Silva/MAISMMA

Cinturão amador: Ceará supera Santa Catarina

O organizador do evento tem aberto a oportunidade para atletas amadores sentirem o gosto de contemplar um cinturão. Para isso, abriu a categoria meio-médio (até 77 kg). O joinvilense André Aparecido Furquim, primeiro campeão da divisão, defendeu o título diante do cearense de Morada Nova Francisco Gomes.

O duelo de gigantes, ambos com cerca de 1,90 m, também levantou o público, tamanho o equilíbrio. Eles deixaram tudo no primeiro round, partindo para o embate franco. No segundo, a luta seguia parelha, mas uma mão pesada de Francisco entrou no queixo de André, que caiu sem reação. O cearense representante da Chute Boxe vibrou com o primeiro título.

Warrior Challenge 14

Resultados MMA:

Profissional – Igor Soares venceu Maycon James por decisão unânime;
Amador – Alessandro Albuquerque venceu Silas Alves por decisão unânime;
Amador – Francisco Gomes venceu André Furquim por nocaute (direto) – R2, 4:21;
Amador – André Weissheimer finalizou Ivan Rodrigues (guilhotina) – R1, 1:15;
Amador – Paulo Ricardo Frederes venceu Christopher Riffel por nocaute (socos) – R1, 150;
Amador – Raul Furtado finalizou Eliton Conceição (mata-leão) – R1, 2:39.

DEIXE UMA RESPOSTA