Inédito: Robson Conceição conquista o primeiro ouro do boxe brasileiro em uma Olimpíada

0
81

A terceira medalha de ouro do Brasil nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro veio do boxe. Robson Conceição derrotou o francês Sofiane Oumiha por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28) na final até 60 kg e comemorou um feito inédito na modalidade. Aos 27 anos, o orgulho de Boa Vista, orgulho da Bahia e do Brasil colocou seu nome de vez na história ao conquistar a primeira medalha dourada do boxe brasileiro em uma Olimpíada.

Robson Conceição celebra o ouro em sua terceira Olimpíada (Foto: Getty Images)
Robson Conceição celebra o ouro em sua terceira Olimpíada (Foto: Getty Images)

 

Descoberto em um projeto social, Robson foi feirante, vendeu picolé na praia, foi ajudante de pedreiro… Perdeu na estreia em duas Olimpíadas, Pequim 2008 e Londres 2012. Mas, a insistência e o talento o conduziram à glória na “Rio 2016”: campeão olímpico.

Para chegar à final, o baiano derrotou três oponentes. Primeiro, Anvar Yunusov, do Tajiquistão, lesionou a mão na etapa inicial e não retornou para o segundo round. Nas quartas-de-final, Robson superou Hurshid Tojibaev, do Uzbequistão, por unanimidade (30-27, 29-28 e 30-27) e selou passagem à semifinal, contra um velho rival, o cubano Lazaro Alvarez, a quem o brasileiro tachou de “marrento”.  Após perder o primeiro assalto, Robson virou o combate e garantiu vaga na finalíssima por novo 3×0 (29-28, 29-28 e 30-27).

DEIXE UMA RESPOSTA