John Lineker supera Dodson em duelo acirrado e pede cinturão; Frankenstein finaliza e leva bônus

0
101
lineker1_8orkzd0
Lineker e Dodson dão show – Foto: Getty Images

 

Uma noite de vitórias brasileiras no UFC Fight Night 96, realizado em Portland, no estado de Oregon (EUA), neste sábado, 1º de outubro. O Brasil contou com seis representantes no card. John Lineker x John Dodson no main event, Alex “Cowboy” Oliveira x Will Brooks no co-main event, além de Luis “Frankenstein”, Hacran Dias, Elizeu “Capoeira” e a estreante da noite Ketlen Vieira.

Primeira amazonense no UFC, Ketlen estreia com o pé direito

A edição, encabeçada pelo duelo de pesos-galos e xarás John Lineker e John Dodson, contou com a participação da primeira amazonense a assinar com a organização, Ketlen Vieira, que estreou com vitória sobre Kelly Faszholz por decisão unânime, em uma luta considerada truncada. Ketlen derrubou Kelly em todos os rounds e com pouca efetividade no ground and pound garantiu o resultado positivo, mantendo-se invicta em sete lutas na carreira.

Capoeira passa sufoco e vence Nakamura de virada

Elizeu Capoeira colidiu com o japonês Keita Nakamura e anotou seu segundo triunfo seguido por decisão unânime. Nakamura venceu claramente o primeiro assalto, e conseguiu dominar boa parte do combate, chegando às costas e tentando o mata-leão em mais de um oportunidade. Elizeu buscou o confronto direto, a trocação franca a todo custo e essa veemência e contundência levaram os juízes a apontá-lo o vencedor.

Fili domina Hacran e tem o braço erguido

Hacran Dias sobreviveu a um knockdonw seguido de golpes duríssimos de André Fili, e pelejou os três rounds. O atleta da Nova União aplicou uma combinação de pé que balançou o americano, mas não conseguiu ultrapassá-lo na pontuação. Fili emplacou maior número de encaixados e teve braço erguido por unanimidade.

Frankenstein vence a segunda e leva bônus

Luis Henrique “Frankenstein” mais uma vez mostrou uma postura segura e venceu a segunda consecutiva. Depois de tomar um susto no “bang-bang” com o dinamarquês e estreante Joachim Christensen, Frankenstein atacou o braço direito e decretou o fim com um armlock, faturando 50 mil dólares de “Performance da Noite”.

Cowboy nocauteia Brooks em despedida dos leves

Alex “Cowboy” Oliveira, de volta aos pesos-leves, atropelou Will Brooks com uma saraivada de socos no ground and pound no terceiro round. Os dois se desentenderam ao final da luta. Cowboy xingou o americano em resposta às ofensas sofridas na sexta-feira, por não ter batido o peso. Cowboy revelou na entrevista que essa foi a sua última luta nos leves – ele retornará aos meio-médios.

Lineker supera Dodson em guerra decidida nos detalhes

Na luta principal, Liniker e Dodson protagonizaram uma verdadeira guerra. “Mãos de Pedra” manteve o estilo agressivo de caminhar para cima buscando o nocaute. Dodson traçou a estratégia de entrar no contragolpe e pegou o brasileiro de surpresa com chutes e socos endereçados. Lineker ditou o ritmo e como de costume caçou o rival durante os cinco rounds. Dodson conectou chutes altos no rosto de Lineker, que se quer balançou, ainda chamava o americano para a “briga”. Lineker por sua vez acertou cruzados em cheio e o americano, apesar de recuar com a patência, também se manteve firme. Ao final de uma luta digna do prêmio de “Performance da Noite”, ambos receberam 50 mil dólares. Lineker festejou sua quarta vitória nos pesos-galos por decisão dividida dos juízes, e clamou por uma oportunidade de enfrentar Dominick Cruz pelo cinturão da categoria.

UFC: Lineker x Dodson
1º de outubro, em Portland (EUA)

CARD PRINCIPAL
John Lineker venceu John Dodson por decisão dividida (48-47, 47-48 e 48-47)
Alex Cowboy venceu Will Brooks por nocaute técnico aos 3m30s do R3
Zak Ottow venceu Josh Burkman por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Brandon Moreno venceu Louis Smolka por finalização aos 2m23s do R1
CARD PRELIMINAR
Luis Henrique Frankenstein venceu Joachim Christensen por finalização aos 4m43s do R2
Andre Fili venceu Hacran Dias por decisão unânime (triplo 29-28)
Shamil Abdurakhimov venceu Walt Harris por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Elizeu Capoeira venceu Keita Nakamura por decisão unânime (triplo 29-28)
Nate Marquardt venceu Tamdan McCrory por nocaute aos 4m44s do R2
Ion Cutelaba venceu Jonathan Wilson por decisão unânime (triplo 30-27)
Curtis Blaydes venceu Cody East por nocaute técnico aos 2m02s do R2
Ketlen Vieira venceu Kelly Faszholz por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

DEIXE UMA RESPOSTA