Jon Jones é pego no doping e deve perder cinturão pela segunda vez

0
326
Jones é flagrado no doping e deve perder título - Foto: Getty Images
Jones é flagrado no doping e deve perder título – Foto: Getty Images

A casa caiu. Jon Jones voltou a se envolver em polêmica. O atual campeão dos meio-pesados foi flagrado novamente no doping e deve perder o cinturão reconquistado ao vencer Daniel Cormier por nocaute, no UFC 214.

Após provocar um acidente de trânsito e fugir sem prestar socorro às vítimas, incluindo uma grávida que teve o braço quebrado, em 2015, o atleta foi destituído do título e removido do card do UFC 187.

Às vésperas do UFC 200, em 2016, Jones testou positivo nos exames realizados fora do período de competição e acabou perdendo o cinturão, além de ter sido removido do card considerado histórico.

Agora, Jones foi pego por uso de esteróides nos exames realizados depois da pesagem do UFC 214, em 28 de julho, conforme informou o TMZ Sports. Ainda segundo o site americano, Jones testou positivo para turinabol, substância utilizada para ganhos de massa muscular.

Jones deve perder o cinturão, mas não se sabe se ele volta para as mãos de Daniel Cormier.

O UFC se manifestou através de nota oficial:

“O UFC foi notificado nesta terça-feira que a USADA (Agência Americana Antidoping) informou Jon Jones sobre uma possível violação da política antidopagem derivada de uma amostra coletada após a sua pesagem em 28 de julho de 2017.

A USADA, administradora independente da Política antidopagem do UFC, será responsável pela gestão dos resultados e a adjudicação apropriada deste caso envolvendo Jones, em conexão com a Política Antidopagem do UFC e a futura participação do UFC. De acordo com a Política Antidopagem do UFC, existe um processo legal completo e justo que é concedido a todos os atletas antes de serem impostas quaisquer sanções. A Comissão Atlética do Estado da Califórnia (CSAC) também mantém a jurisdição sobre este assunto, uma vez que a coleta de amostras foi realizada no dia anterior da luta de Jones no UFC 214, em Anaheim. O Estado da Califórnia e a USADA trabalharão para garantir que o CSAC tenha as informações necessárias para determinar o julgamento adequado da possível violação da política antidoping de Jones.

Informações adicionais serão fornecidas no momento apropriado à medida em que o processo avançar.”

DEIXE UMA RESPOSTA