Junior Cigano nocauteia Derrick Lewis e mira cinturão; Elizeu Capoeira finaliza e anota 7ª seguida

0
405

D1RQ5KGV4AALUflJunior Cigano mais uma vez mostrou a força da nobre arte dentro do octógono. A vítima: Derrick Lewis. Não pense que foi um trabalho fácil. O brasileiro precisou absorver golpes duríssimos e até balançou.

Mais dominante no primeiro round, Cigano acertou um cruzado que também bambeou o americano. Lewis deu troco imediato e fez o ex-campeão colocar uma das mãos no chão para não cair com a bomba. Cigano trabalhou chutes baixos, Lewis respondia em cima com mãos e chutes.

Cigano conectou um chute rodado na região abdominal de Lewis. Ele sentiu, fez de conta que estava mal e surpreendeu com um soco de encontro. Lewis voltou a levar a mão à barriga e conseguiu suportar até o fim do round inicial.

Cigano entrou caçando a “presa” no segundo, tratou de encurtar e encurralar. Lewis, apesar de mais lento, não deixava sem resposta. Ele até que tentou manter o ritmo do primeiro, mas já não era o mesmo. Cigano pressionou contra as grades, fez o famoso pêndulo do boxe e disparou um direto matador.

Lewis sentiu, tombou e Cigano confirmou o “serviço” com mais uma sequência de socos no americano já entregue. Essa foi a terceira vitória seguida do catarinense.

Ao vencer o TOP 3 dos pesados, Cigano (8º) pediu para enfrentar outro melhor ranqueado no caminho ao cinturão. Ele aproveitou para parabenizar o filho Bento, que completa 2 anos de idade hoje.

– Agora quero alguém mais ranqueado do que eu. Me deem um TOP 5. Nem sei como estes caras podem estar na minha frente. Mas estou aqui para lutar e recuperar meu cinturão. Happy birthday to you meu filho, papai te ama muito – comemorou o boxer.

Capoeira finaliza Millender no primeiro round— Foto: Getty Images
Capoeira finaliza Millender no primeiro round— Foto: Getty Images

Nas outras participações de brasileiros Elizeu Capoeira fez história ao vencer a sétima seguida na organização e Serginho Moraes acabou superado na decisão dos juízes.

DEIXE UMA RESPOSTA