Katana Fight 5 atinge grande público ao vivo; Wendell Negão e Frohlich brilham

0
732
Organização e staff comemoram sucesso do evento - Foto: MAISMMA
Organização e staff comemoram sucesso do evento – Foto: MAISMMA

O Katana Fight chegou ao número total de oito eventos no último sábado (dia 21), o quinto no formato “Gold Edition”, que traz atletas renomados e duelos internacionais. As finalizações predominaram nas preliminares: cinco mata-leões consecutivos. Já o card principal fechou a noite levantando o público das cadeiras com nocautes e batalhas equilibradas. O Katana contou com transmissão ao vivo em HD para o mundo todo pelo Facebook (recorde de visualizações) e teve a cobertura em tempo real do Sherdog, com o registro dos resultados a cada combate.

Wendell solta o Muay Thai para cima de Garvon - Foto: MAISMMA
Wendell solta o Muay Thai para cima de Garvon – Foto: MAISMMA

Na luta principal, Eduardo “Matrix” Garvon, atleta da casa, enfrentou o ex-UFC Wendell de Oliveira, conhecido com “War Machine”. Garvon tentou abafar a agressividade do carioca com o jogo de grade, seguido de quedas. Garvon chegou a montar e pegar as costas, mas Wendell usou a experiência de mais de 40 lutas para manter a calma e conduzir o duelo em pé. Wendell aplicou os golpes mais contundentes e somou os pontos da vitória por decisão unânime. Ele dedicou o triunfo de número 31 ao filho Tyrone, que acaba de completar um ano de vida.

Frohlich derrota Blade e sonha com UFC - Foto: MAISMMA
Frohlich derrota Blade e sonha com UFC – Foto: MAISMMA

No co-main event, Chris Frohlich, outro representante da casa, encarou o também carioca Carlos Blade. Eles protagonizaram uma disputa duríssima do início ao fim. Blade encontrou a distância primeiro e trabalhou combinações com precisão. Chris conectou uma mão pesada (overhand) e derrubou visitante, seguindo com a pressão no ground and pound e equilibrando o roound. O segundo se manteve em equilíbrio, ambos andavam a frente e trocavam chumbo na curta, mas Blade foi mais contundente. O terceiro decidiria o vencedor. Chris dessa vez veio disposto a virar e conseguiu. Ele anulou a agressividade do carioca, derrubou e terminou batendo por cima. Mesmo saindo em desvantagem, Chris não recuou e acreditou até o último segundo, anotando mais uma vitória, por decisão unânime.

Kaik conecta o direto que fez o árbitro poupar Sagati - Foto: MAISMMA
Kaik conecta o direto que faz o árbitro poupar Sagati de continuar – Foto: MAISMMA

Destaque para os três nocautes do Katana 5. Kaik Brito superou Fernando Sagati com um show de socos rodados e muito ímpeto, até a interrupção do árbitro no segundo round com esse último direto em cheio. Flávio Madruga não tomou conhecimento das qualidades de Wellington Toin e abriu caminho para a vitória com um um upper e uma sequência de joelhadas em menos de um minuto. Samuel Caveira substituiu Luiz Gustavo “Killer”, que acaba de assinar com o Rizin FF, e não deu chances ao mexicano Alejandro Marroquin. Caveira usufruiu da maior envergadura, fintou golpes na linha de cintura para em seguida acertar um cruzado que desnorteou Marroquin. Bastaram mais quatro ou cinco socos até a interrupção do árbitro central e a comemoração do amazonense.

Resultados:

Katana Fight 5 – Gold Edition
Evolução Thai, Colombo (SC)
Sábado, 21 de julho

Wendell Negão venceu Eduardo Garvon por unanimidade
Christiano Frohlich venceu Carlos Eduardo Blade por unanimidade
Samuel Caveira venceu Alejandro Marroquim por nocaute técnico
Kaik Brito venceu Fernando Sagati por nocaute técnico
Richard Godoy finalizou Gabriel Leite com uma guilhotina
Flavio Madruga venceu Wellington Toin por nocaute técnico

Card Preliminar

Jorginho Filho venceu Rafael Pirulito por unanimidade
Vinicius Chambinho finalizou Wanderson Saci com uma guilhotina
Henrique Strike venceu Rangel Anaconda por unanimidade
Mauricio Alejandro Sosa x Francisco Naiano com um mata-leão
Dione Silva x Ana Paula Silva Ferreira com um mata-leão
Gabriel Taborda x Klinger Pinheiro Ferreira com um mata-leão
Patrick Oliveira Brabão x Renê Soldado com um mata-leão
Loibe De Oliveira Neto x Watson Batatão com um mata-leão

DEIXE UMA RESPOSTA