Knock Down 3: CM System tem noite invicta com direito a cinturão

0
554

No último sábado, dia 9, Lages na serra catarinense sediou a 3ª edição do evento local Knock Down Combat, que aposto em um ambiente diferente, trocando o ginásio pelas dependências do Lages Garden Shopping. O KDC 3 deveria ocorrer no dia 11 de novembro, mas uma forte chuva de granizo interditou o Shopping e obrigou o organizador Edgar Farias a adiar o show.

O card sofreu algumas alterações em cima da hora e a falta de tempo para selecionar oponentes com experiência e nível técnico equivalente aos três representantes da equipe CM System escalados para o card card principal, resultou num “atropelamento”.

MMA_0830

Na luta principal, Diego Vargas e Luiz Faísca disputaram o cinturão interino dos pesos-leves. Aparentemente mais forte do que Faísca, que naturalmente pesa pouco mais do que 70 kg, Vargas não deu chances e encurtou sem dificuldades para conectar uma sequência de socos e ver o adversário desabar. O castigo continuou no ground and pound até a interrupção meio tardia do árbitro central, Ricardo Oliveira. Faísca viu algumas “estrelas”, mas logo recobrou os sentidos.   

MMA_0710

Pelo coevento principal, o jovem Alessandro Albuquerque encarou o novato Rodrigo Pilon, parceiro de treinos de Faísca na equipe Felinos do Sul. Albuquerque não deu tempo para o guarapuavano fazer nada. Bastou soar o gongo para que Alessandro partisse para cima, aplicasse uma queda e desferisse uma avalanche de socos em Pilon, que já não reagia. Ele acabou ficando grogue. Mais uma vez o árbitro não aliviou para o visitante e de novo poderia ter encerrado antes.

MMA_0624

Na antepenúltima luta da noite, Erick Visconde, dono de um cartel irreparável de 11-0 (Sherdog desatualizado), chegou a sua 12ª vitória ao passar o “carro” por cima de Igor “Seco” Silva, mais um representante do time Felinos do Sul. Visconde não teve problemas para derrubar e golpear com socos e cotoveladas até a interrupção do árbitro. Igor não acertou um golpe sequer no vencedor.

MMA_0163

Nos duelos amadores, destaque para a vitória de Tiaguinho Albuquerque, que anotou a primeira vitória da CM System no MMA. Ele precisou de apenas um minuto e 24 segundos para finalizar Luan Gutier com um armlock.

MMA_0114

Já o representante de Lages Fernando Borges derrotou o joinvilense João Felipe Borges por desistência no intervalo do primeiro para o segundo round. Apesar de vencer o primeiro assalto com uma queda, pegada nas costas e socos da montada, João sentiu uma fadiga muscular nas pernas e não conseguiu voltar. Fernando defendeu os ataques no solo, partiu para cima e teve seus méritos pelo triunfo.

MMA_0499

Quem também brilhou em sua estreia no MMA amador foi o gaúcho Gabriel Martins, que dominou o representante de Joaçaba Dyeimes Pires no primeiro round e confirmou a vitória com uma combinação de socos e o nocaute técnico no segundo.

Knock Down Combat 3
Lages Garden Shopping, Lages, Santa Catarina
Sábado, 9 de dezembro de 2017
Diego Vargas venceu Luiz Fernando da Silva Costa “Faísca” por nocaute técnico – R1, 1:40 Alessandro Albuquerque venceu Rodrigo Pilon por nocaute técnico – R1, 2:20
Erick Visconde venceu Igor da Silva Berkenbrock “Seco” por nocaute técnico – R2, 1:47
 

MMA Amador 

Luiz Fernando Borges “Timão” venceu Joao Felipe Borges por desitência – R1, 3:00
Tiago Albuquerque venceu Luan Correa Gutier por finalização – R1, 1:24
Gabriel Martins venceu Dyeimes Pires por nocaute técnico – R2, 1:40
Glória Natália x Aline Ulguim  – empataram

DEIXE UMA RESPOSTA