Overeem vence Werdum em trilogia e garante nova chance pelo cinturão dos pesados

0
232
Overeem acerta um dos potentes jabs que somaram pontos - Foto: Getty Images
Overeem acerta um dos potentes jabs que somaram pontos – Foto: Getty Images

Fabrício Werdum e Alistair Overeem se confrontaram pela terceira vez, neste sábado, no coevento principal do UFC 213, em Las Vegas. O placar estava 1×1. Werdum finalizou o holandês com uma kimura no extinto Pride em 2006 e depois perdeu por decisão no também extinto Strikeforce em 2011.

O tira-teima, agora, colocaria um dos dois na linha de frente para uma nova disputa de cinturão. Overeem fez uma luta extremamente estratégica, evitou o chão, a arma principal de Werdum e manteve o duelo em pé.

Werdum havia declarado antes da luta que iria aceitar a trocação e nocautear o holandês, e realmente chegou perto do feito no terceiro round ao acertar uma joelhada e levá-lo a knockdown. Overeem se levantou ainda grogue, Werdum encurtou a distância, desferiu uma sequência de socos, mas em meio ao ataque resolveu derrubar, desperdiçando a chance de concluir o nocaute.

Apesar de sofrer tal pressão, Overeem manteve a mesma postura estratégica do início ao fim. O campeão do K-1 economizou nos golpes, mas garantiu efetividade, contundência, na maioria dos chutes e socos conectados. Werdum puxou o adversário para a guarda dua vezes, em busca de uma nova finalização, mas Overeem dispensou o solo e tratou de subir rapidamente.

Após 15 minutos de uma luta relativamente equilibrada, os juízes laterais somaram as papeletas e o resultado teve Overeem como o vencedor da “melhor de três” por decisão majoritária.

Overeem teve a chance de desafiar o campeão Stipe Miocic em setembro do ano passado, mas acabou nocauteado. Com vitórias sobre Mark Hunt e Werdum, o holandês garante a revanche com o americano pelo título. A luta ainda não foi oficializada pela organização, mas tudo indica que irá ocorrer.

UFC 213
8 de julho, em Las Vegas (EUA)
CARD PRINCIPAL
Robert Whittaker venceu Yoel Romero por decisão unânime (triplo 48-47)
Alistair Overeem venceu Fabricio Werdum por decisão majoritária (28-28, 29-28 e 29-28)
Curtis Blaydes venceu Daniel Omielanczuk por decisão unânime (triplo 30-27)
Anthony Pettis venceu Jim Miller por decisão unânime (triplo 30-27)
Rob Font venceu Douglas D’Silva por finalização aos 4m36s do R2
CARD PRELIMINAR
Alexey Oliynyk venceu Travis Browne por finalização aos 3m44s do R2
Chad Laprise venceu Brian Camozzi por nocaute técnico a 1m27s do R3
Thiago Marreta venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico aos 2m04s do R2
Belal Muhammad venceu Jordan Mein por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Cody Stamann venceu Terrion Ware por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Trevin Giles venceu James Bochnovic por nocaute aos 2m54s do R2

DEIXE UMA RESPOSTA