Rudson Caliocane comemora conquista do cinturão do Titan FC e mira Ultimate

0
347

Rudson Caliocane brilhou em território americano. Nascido no interior no Rio de Janeiro, radicado em Miami na Flórida, o brasileiro es estabeleceu na American Top Team, onde fez toda a sua preparação para a disputa do cinturão dos pesos-galos do Titan FC, na 52ª edição, realizada nesta sexta-feira, na Flórida. Em duelo de cinco rounds, Caliocane teve trabalho, mas superou o venezuelano Edir “Belico” Terry por decisão unânime.

Os dois primeiros rounds foram bastante equilibrados. Belico trabalho boas combinações, aplicou um low kick potente, mas Caliocane respondeu a todos os ataques e no final do segundo acertou uma canelada na cabeça do venezuelano. Caliocane chegou perto da vitória no final do quarto assalto, quando aplicou a queda e trabalho golpes contundentes na posição de quatro apoios. Belico teve o seu melhor momento no quinto round, encaixando um justo armlock. Caliocane resistiu à posição e depois teve garra e técnica para defender uma Kimura suspendendo e projetando o venezuelano de cabeça no solo. A vitória clara e o cinturão vieram na decisão dos juízes.

Paciente e de olho em uma chance no Ultimate, Caliocane comemora o feito.

– Ontem foi uma noite ímpar na minha vida. Um momento que jamais esquecerei. Fiz uma luta muito dura e graças a Deus saí com a vitória. Mas se não fosse por esses caras da foto eu não teria conseguido. Deus usou cada um deles para me guiar antes e na hora da luta. Como nunca tinha lutado cinco rounds na minha vida, tive que ser ‘mais inteligente’. Soube usar as oportunidades para ir ganhando cada round. Acredito que a paciência foi a palavra chave pra esta luta. Muito obrigado ao meu pai, aos mestres Anderson França, Marcos Parrumpinha, Philip Lima e Tata Duarte, sem vocês nada disso seria possível. Estou vivendo um sonho.

DEIXE UMA RESPOSTA