Shooto 89: Everton Vasconcelos vence Felipe Olivieri com nocaute relâmpago; Perpétuo finaliza na gogoplata

0
377

Quem esteve presente na Upper Arena, na Zona Sul do Rio de Janeiro, para a 89ª edição do Shooto Brasil foi presenteado com uma noite emocionante de MMA. Com 12 lutas no card principal e outras quatro no preliminar, o público viu neste domingo, dia 9 de dezembro, o ex-UFC Felipe Oliveiri ser surpreendido por Everton Vasconcelos na luta principal da noite ao ser nocauteado com menos de um minuto de luta. O duelo valia o título interino dos leves, mas Everton não bateu o peso limite da divisão na pesagem e, portanto, não pôde ficar com o título. No co-main event o também ex-Ultimate Hernani Perpétuo bateu Marcão Bad Face com uma rara finalização e fez a festa do público presente.

A luta principal do Shooto Brasil 89 colocou frente a frente o ex-UFC Felipe Olivieri diante de Everton Vasconcelos pelo cinturão interino dos leves, que só seria entregue em caso de vitória de Olivieri já que Everton não bateu o peso. Com um show da torcida nas arquibancadas, a luta teve um final que pouca gente esperava. Com 37 segundos de combate, Everton acertou um lindo cruzado em cheio no rosto de Felipe, que caiu quase apagado. A partir daí foi só concretizar a vitória com mais uma sequência de golpes e causar um anti-clímax na Upper Arena. Mesmo sem poder levar o cinturão interino para casa, Everton festejou muito e até arriscou uma dança na hora da comemoração.

Perpétuo finaliza Bad Face com a rara Gogoplata - Foto: Léo Farias
Perpétuo finaliza Bad Face com a rara Gogoplata – Foto: Léo Farias

No co-main event da noite mais emoção. O campeão mundial do Shooto e ex-UFC Hernani Perpétuo e Marcos Bad Face se reencontraram após um No Contest no primeiro duelo entre eles há alguns anos. E dessa vez o final foi bem diferente. Com uma omoplata, finalização rara, Perpétuo faturou a vitória ainda no round inicial e fez a festa da torcida.

Quem também marcou presença na 89ª edição do Shooto foi outro lutador com passagem pelo Ultimate: Valmir Bidu. Após uma luta toda desenrolada na trocação diante de Denilson Trator, ele levou a melhor na decisão dos juízes e reencontrou o caminho das vitórias após um tropeço em seu último embate.

DEIXE UMA RESPOSTA