Marlon Sandro vence luta principal do Shooto; Rodolfo e Malfacine finalizam

0
160

Na noite deste domingo (28), Dedé Pederneiras, líder da Nova União e idealizador do Shooto Brasil, inaugurou o novo centro de treinamentos da equipe no Rio de Janeiro, com a realização da 74ª edição do evento. A Upper Arena ficou praticamente lotada para assistir a um card repleto de atletas do calibre de Rodolfo Vieira – multicampeão no jiu-jítsu, Marlon Sandro – ex-Bellator e Fernando “Açougueiro” – ex-TUF-Brasil e UFC. 

Marlo Sandro finaliza peruano na “especialidade da casa”

Na luta principal, o veterano Marlon Sandro acabou vencendo Diego Arturo Jauregui por finalização em menos de dois minutos, no primeiro round. Marlo encaixou um katagatame em pé e insistiu na posição até o chão, obrigando o peruano a desistir. Marlo já havia finalizado da mesma forma, encaixando a posição em pé, no Bellator.

Fera do Jiu-Jítsu, Rodolfo Vieira sofre, mas finaliza aos 44′

Rodolfo Vieira sofreu um pouco para conquistar o triunfo em sua segunda luta como profissional no MMA. O multicampeão mundial de Jiu-Jitsu teve problemas na luta em pé, mas acabou conseguindo finalizar Fagner Rakchal no finalzinho do terceiro round também com um katagatame.

Açougueiro vence a primeira pós UFC; Iliarde perde

Dois ex-atletas do UFC entraram em ação no Shooto 74, mas apenas um deles saiu com a vitória. Fernando “Açougueiro” Bruno venceu o baiano “bom de briga” Edilson Teixeira por decisão unânime. Já Iliarde Santos sofreu derrota para Pedro Falcão. Ambos sucumbiram ao wrestling e à pressão por cima no solo.

Outro nome bastante conhecido da comunidade do jiu-jítsu, Bruno Malfacine, nove vezes Campeão Mundial, estreou no MMA com finalização sobre o também estreante da noite Romario Garcia com um armlock no primeiro round.

Confira os resultados abaixo:

Marlon Sandro derrotou Diego Arturo por finalização (katagatame) aos 1m56s do primeiro round
Rodolfo Vieira derrotou Fagner Rakchal por finalização (katagatame) aos 4m47s do terceiro round
Geraldo de Freitas derrotou Luciano Benício por decisão unânime dos juízes
Pedro Falcão derrotou Iliarde Santos por decisão unânime dos juízes
Jeferson “Minotauro” e Handesson “Boy Doido” empataram (empate majoritário)
Luan “Danger” derrotou Jafel Filho por finalização (mata-leão) aos 2m55s do terceiro round
Fernando Bruno derrotou Edilson Teixeira por decisão unânime dos juízes
Bruno Malfacine derrotou Romário Boaes por finalização (armlock) aos 1m34s do primeiro round
Jonatha Silva derrotou Yan Teixeira por decisão unânime dos juízes
Renato King derrotou Armando Sapinho por decisão unânime dos juízes
Carlos Eduardo Carlin derrotou Elvis Batista por finalização (mata-leão) aos 4m46s do primeiro round
Jessica Correa derrotou Joice Mara da Silva por decisão unânime dos juízes

DEIXE UMA RESPOSTA