Stipe Miocic torna-se o maior peso-pesado do UFC; Cormier atropela desafiante

0
241

stipeA luta principal do UFC 220, realizado em Boston, neste sábado, rendeu um recorde ao campeão Stipe Miocic. O bombeiro de Cleveland conseguiu parar a locomotiva desgovernada Francis Ngannou com uma estratégia perfeita e se tornar o primeiro peso-pesado da história a defender o cinturão três vezes consecutivas.

Ngnnou mostrou muita agressividade e potência nos golpes apenas na primeira metade do primeiro round. Miocic dominou completamente o restante da luta. O campeão deu um show nas esquivas de boxe e conectou mãos pesadíssimas no desafiante.

Após encontrar a distância, Miocic começou a investir nas quedas e mantendo-se por cima castigava o camaronês, que já no terceiro round não conseguia manter a guarda alta, tamanho o cansaço.

Foram cinco rounds vencidos com clareza pelo campeão, o único perigo que ele correu foi nos primeiros 120s de luta, quando o camaronês partiu com tudo para cima, acertando e recebendo o troco de bate-pronto.

Além de manter o título depois de três defesas bem sucedidas, Miocic mostrou sua capacidade de absorção de golpes, o quanto é completo no jogo agarrado e nas quedas, fechando a noite com dois gestos marcantes: Pediu que o treinador colocasse o cinturão nele, pelo respeito e admiração mútua e o fair play com Ngannou ao abraçá-lo e cumprimentá-lo pela grande batalha.

Na coletiva, Dana White cogitou que Daniel Cormier, que defendeu o cinturão com sucesso nocauteando Volkan Oezdemir no ground and pound no segundo round, subisse de divisão para uma superluta contra Miocic.

O rei dos pesados revelou que está aberto a conversas, já Cormier declarou que não aceitaria enquanto tem o companheiro de equipe AKA e ex-campeão dos pesos-pesados Cain Velasquez em busca de uma nova disputa.

Tivemos quatro brasileiro em ação no UFC 220 e todos saíram derrotados. Gleison Tibau voltando após dois anos de suspensão acabou nocauteado pelo russo Islam Makhachev com um cruzado de esquerda no primeiro minuto, Alexandre Pantoja derrota por unanimidade por Dustin Ortiz, Thomas Almeida nocauteado por Rob Font no segundo round e por último Francimar Bodão superado por Gian Villante por decisão unânime.

Confira os resultados completos do UFC de Boston:

CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic venceu Francis Ngannou por decisão unânime dos juízes laterais;
Daniel Cormier venceu Volkan Oezdemir por nocaute no segundo round;
Calvin Kattar venceu Shane Burgos por nocaute no terceiro round;
Gian Villante venceu Francimar ‘Bodão’ por decisão dividida dos juízes laterais;
Rob Font venceu Thomas Almeida por nocaute no segundo round.

CARD PRELIMINAR

Kyle Bochniak venceu Brandon Davis por decisão unânime dos juízes laterais;
Abdul Razak Alhassan venceu Sabah Homasi por nocaute no primeiro round;
Dustin Ortiz venceu Alexandre Pantoja por decisão unânime dos juízes laterais;
Julio Arce venceu Dan Ige por decisão unânime dos juízes laterais;
Enrique Barzola venceu Matt Bessette por decisão unânime dos juízes laterais;
Islam Makhachev venceu Gleison Tibau por nocaute no primeiro round.

DEIXE UMA RESPOSTA