Thiago Pitbull brilha no UFC Russia, mas é ofuscado por “garfada”

0
347

Em sua 35ª luta da carreira, Thiago Alves foi à Rússia enfrentar o anfitrião Alexey Kunchenko no primeiro UFC no país. Aquela velha tônica de que para vencê-los dentro de casa é preciso finalizar ou nocautear novamente se confirmou.

Ex-desafiante ao cinturão dos meio-médios, o cearense fez um duelo estratégico e claramente apresentou maior volume nos dois primeiros assaltos, aplicando golpes mais contundentes, principalmente na alternância de chutes altos e baixo.

Estreando na organização, Kunchenko cresceu no terceiro e último round, trabalhou golpes na curta distância, levou a luta ao solo e terminou pressionando com boas combinações de socos e cotoveladas.

Com a vitória nos dois primeiros rounds contra a vantagem de Kunchenko apenas no terceiro, a lógica é que Pitbull tivesse o braço erguido ao menos por decisão dividida, quando caberia até mesmo unânime.

Sim, Kunchenko teve bons momentos, evoluiu bastante na segunda metade do terceiro, mas não o suficiente para ser anunciado o vencedor por decisão unânime como foi. A vitória contabilizou o 19º triunfo invicto de Kunchenko.

Como um gentleman [cavalheiro] que é, experiente, Thiago cumprimentou o rival, agradeceu pelo duelo e “engoliu seco” o resultado. Com o retrospecto de uma vitória nas últimas quatro lutas, Pitbull fica na corda bamba do Ultimate.

UFC Rússia – Resultados:

Alexey Oleinik venceu Mark Hunt por finalização aos 4m26s do R1
Jan Blachowicz venceu Nikita Krylov por finalização aos 2m41s do R2
Shamil Abdurakhimov venceu Andrei Arlovski por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-27)
Alexey Kunchenko venceu Thiago Pitbull por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)
Khalid Murtazaliev venceu CB Dollaway por nocaute técnico aos 5m do R2
Petr Yan venceu Jin Soo Son por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Rustam Khabilov venceu Kajan Johnson por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)
Mairbek Taisumov venceu Desmond Green por decisão unânime (triplo 30-27)
Magomed Ankalaev venceu Marcin Prachnio por nocaute aos 3m09s do R1
Jordan Johnson venceu Adam Yandiev por finalização aos 42s do R2
Ramazan Emeev venceu Stefan Sekulic por decisão unânime (29-28, 30-27 e 30-26)
Merab Dvalishvili venceu Terrion Ware por decisão unânime (triplo 30-25)

DEIXE UMA RESPOSTA