UFC acaba com a categoria peso-mosca e inicia demissões

0
459

Na última quarta-feira, o UFC anunciou o fim dos pesos-moscas em 2019, e encaminhou o duelo entre o atual campeão da categoria Henry Cejudo e o campeão da divisão de cima, TJ Dillashaw para o UFC 233, em  26 de janeiro. 

A notícia apurada em primeira mão pelo combate.com, revelou ainda que o UFC trabalha para casar John Lineker e Dominick Cruz no mesmo card. Ao que tudo indica a categoria peso-mosca será extinta.

A organização já começou a selecionar quem fica e sobe para os galos e também começou a dispensar atletas. O primeiro a revelar a demissão foi o prospecto Jose Torres (1-1 no UFC). Liberado do contrato que ainda restava duas lutas, Torres postou um vídeo no Twitter revelando a saída e afirmando o fim da divisão até 57 kg.

Recentemente o rei dos moscas, maior peso-por-peso de todos tempos, maior defensor de títulos da história do Ultimate (11), Demetrious Johnson foi o pivô de uma transação histórica. O Ultimate negociou a ida da lenda dos levinhos para o One FC em troca da vinda do meio-médio e invicto Ben Askren (18-0).

A saída de Jonson culminou com a repentina mudança, que provavelmente não é tão repentina como os fãs podem pensar, e claro, fazer parte de um novo ciclo que já estaria nos planos da organização. Agora é acompanhar para ver quem sai e quem sobe.

DEIXE UMA RESPOSTA