UFC Brasília de portões fechados pode ter motivação política e não Corona Vírus

0
118

Às vésperas do UFC Brasília, na quarta-feira (11), o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, decretou por cinco dias a suspensão de qualquer evento com aglomeração de pessoas e que exijam licenças do governo do DF, devido ao novo coronavírus. Seguindo o protocolo, o UFC cancelou o Media Day na quinta-feira, a pesagem cerimonial na sexta-feira e manteve o evento no sábado, mas com os portões fechado e número de pessoas restrito à realização da edição (lutadores, treinadores, comissão, organização e uma pequena parte da imprensa.

Segundo rumores na capital do país, o governador Ibaneis seria rival político e partidário do presidente Jair Bolsonaro, ao decretar cinco dias de suspensão dos eventos públicos, barraria a manifestação “bolsonarista” programada para o domingo, dia 15, em Brasília.

São apenas rumores dos brasilienses, mas se essa história tiver fundo verídico ou vir a ser confirmada de forma direta, lamentavelmente esses homens de terno estariam “brincando” a vida de milhares e milhares de pessoas, usando a pandemia mundial do Corona Vírus, causando tensão, frustração e prejuízos imensuráveis por conta de interesses políticos.

O Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, chegou a criticar o decreto do governador, principalmente a paralisação das aulas, alegando que essa não foi uma decisão do Ministério e que as crianças em casa podem correr mais riscos de contato com o COVID-19, porque muitas ficam sob os cuidados do avós, apontados (idosos) como grupo de risco número um.

DEIXE UMA RESPOSTA