UFC Long Island: Patrick Cummins derrota Gian Villante em disputa acirrada

0
178

Na segunda luta do card principal, Patrick Cummins enfrentou Gian Villante em combate válido pelos meio-pesados. 

Pré Luta:

Patrick se recuperou de duas derrotas seguidas ao superar Jan Blachowicz por decisão majoritária dos juízes laterais em abril. Ele possui um cartel de nove vitórias e quatro derrotas.

Gian Villante venceu 15 das 23 lutas que fez em sua carreira. Ele havia vencido Saparbek Safarov por nocaute técnico no segundo round, mas após o triunfo acabou superado por Mauricio “Shogun”, em março, por nocaute técnico no terceiro round.

Round por Round:

1º Round: No primeiro round não houveram fortes emoções. Após um choque de cabeças, um sangramento grande surge na cabeça de Patrick. O árbitro interrompe por pouco tempo e o combate se reinicia. Até o fim do round não houveram emoções, apenas algumas tentativas de queda, troca de jabs e alguma pressão na grade por parte de Patrick contra Gian. Leve vantagem para Villante, com base nos golpes desferidos.

2º Round: Mais um round sem emoções, mas com uma reviravolta. Villante, antes superior no combate, se encontrou fatigado, exausto. Cummins conseguiu “consertar” sua defesa e aumentou a precisão nos golpes. Mais trocas de golpes retos sem potência entre os dois lutadores durante o round. Leve vantagem para Patrick Cummins.

3º Round: Nesse round, ambos lutadores ficaram ainda mais cansados. O combate até 93 kg mais parecia uma luta entre pesados. Dessa vez, ambos investiram ainda mais em golpes mais potentes como cruzados e uppers, com direito a cotovelada “voadora” de Cummins em Gian. Ambos lutadores sofreram com golpes mais fortes e acabaram abalados em algum momento. Aparentemente, Cummins fora superior no terceiro round.

Resultado oficial: Patrick Cummins derrotou Gian Villante por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28 ).

DEIXE UMA RESPOSTA