UFC FN 91: Lineker e McDonald dispensam clima tenso e trocam risos na pesagem; Assista

0
157

Michael McDonald e John Lineker passaram pela balança com tranquilidade, antes de protagonizarem a luta principal do UFC Fight Night 91, nesta quarta-feira (13), em Sioux Falls, Dakota do Sul (EUA). Os dois surpreenderam os fãs na hora da encarada, substituindo o clima tenso por sorrisos. Lineker mira a sua terceira vitória no peso-galo. Desde que deixou a categoria dos moscas, “Mãos de Pedra” venceu Francisco Rivera e Rob Font. Em uma de suas principais lutas da carreira, McDonald enfrentou Renan Barão na disputa do cinturão interino dos galos, sendo derrotado

No coevento principal, Tony Ferguson, embalado por sete triunfos enfrenta o estreante Lando Vannata, invicto em oito combates. Rani Yahya completa a participação brasileira contra Matthew Lopez no card preliminar.

UFC: McDonald x Lineker
13 de julho de 2016, Sioux Falls (EUA)

Card principal (a partir de 22h de Brasília):
Peso-galo: Michael McDonald x John Lineker
Peso-leve: Tony Ferguson x Landon Vannata
Peso-médio: Tim Boetsch x Josh Samman
Peso-pesado: Alexey Oleinik x Daniel Omielanczuk
Peso-meio-médio: Kyle Noke x Keita Nakamura
Peso-mosca: Louis Smolka x Ben Nguyen
Preliminares (a partir de 19h de Brasília)
Peso-galo: Lauren Murphy x Katlyn Chookagian
Peso-médio: Eric Spicely x Sam Alvey
Peso-palha: Cortney Casey x Cristina Stanciu
Peso-leve: Scott Holtzman x Cody Pfister
Peso-galo: Rani Yahya x Matthew Lopez
Peso-médio: Devin Clark x Alex Nicholson

COMPARTILHAR
Artigo anteriorVídeo: Amanda Nunes torna-se a primeira brasileira campeã do UFC: “Estou sem acreditar”
Próximo artigoVídeo: John Lineker atropela Nº 3 do peso-galo e desafia Dominick Cruz: “Vou atrás de você”
Um apaixonado pelas artes marciais, inspirado pelo meu pai que assistia todas as lutas de boxe na década de 70, 80. Depois passei a acompanhar o Vale-Tudo a partir da década de 90 até a evolução para o MMA atual, em que tivemos como principal referência o sucesso do Pride no Japão e o maior evento do mundo, o UFC, um fenômeno que não para de crescer. Conheço a luta na prática. Comecei com o karatê na adolescência, mas não cheguei a me graduar. Já maior de idade, iniciei no Jiu-Jítsu em 2004 e nunca mais abandonei. Além de treinar, participo de competições. Minha maior conquista foi subir no pódio do Sul-Americano de JJ da CBJJ. Criei o site www.mmasul.com.br em 2008, com o objetivo de colaborar com o MMA nos três estados que compõem a região Sul (RS, SC e PR). Fui adiante. Além de fomentar o jornalismo marcial na região, levei o MMASUL a alcançar visibilidade e credibilidade de leitores e fãs e de colegas de imprensa de todo o Brasil. Após mais de sete anos de sucesso, resolvemos inovar e lançar um nome nacional, o maismma.com, a continuação do MMASUL. Estamos no ar, em busca da evolução diária, das melhores coberturas e das melhores notícias. Sempre ágeis e precisos nas informações do mundo do MMA. Agora, somos #MAISMMA. Fazer o que a gente ama não tem preço. É com enorme prazer que faço as coberturas de eventos, escrevo, entrevisto e fotografo. Agora, rumo às cerca de 20 coberturas de UFC, além de inúmeras participações como convidado de programas no canal Combate. Um abraço especial a você que parou alguns segundos para saber mais sobre mim e sobre o maior site especializado em MMA do Sul do país. Não esqueça de aproveitar para visitar o maismma.com e seguir-nos no Twitter: @MMASUL. Muito obrigado, FAMÍLIA! "O jornalismo é uma paixão insaciável que só se pode digerir e humanizar mediante a confrontação descarnada com a realidade. Quem não viveu a palpitação sobrenatural da notícia, o orgasmo do furo, a demolição moral do fracasso, não pode sequer conceber o que são. Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja disposto a viver só para isso poderia persistir numa profissão tão incompreensível e voraz, cuja obra termina depois de cada notícia, como se fora para sempre, mas que não concede um instante de paz enquanto não torna a começar com mais ardor do que nunca no minuto seguinte." Parte do texto: "A melhor profissão do mundo" Por Gabriel García Márquez (Jornalista, editor e escritor colombiano, prêmio Nobel de Literatura em 1982, autor do aclamado "Cem anos de Solidão")

DEIXE UMA RESPOSTA