Vídeo: Geje bate “malandramente”, luta segue e Mikinho perde título do One FC

0
282

Adriano Moraes não acreditou quando viu o árbitro central levantar o braço do adversário. Mikinho como é conhecido defendeu com unhas e dentes o cinturão dos pesos-moscas do One Championship neste sábado, na edição “Pinnacle of Power”, em Macau na China, mas saiu desapontado ao ver Geje Eustaquio ser anunciado como o novo campeão por decisão dividida.

Durante os 25 minutos da disputa, o brasileiro liderou o número de ataques, tentativas de finalizações que por muito pouco não encerraram o combate. Mikinho aplicou quedas, pegou as costas duas oportunidades para tentar o mata-leão, encaixou guilhotinas e também uma perigosa chave de joelho.

Já o felipino fez um duelo duríssimo, sim, mostrou agressividade, também derrubou, mas, claramente, depois dos 25 minutos o trabalho do campeão interino não havia sido suficiente para superar a performance do campeão linear. Ao defender à entrada de quedas de Geje no quinto round, Mikinho encaixou a guilhotina mais justa de todas até então no duelo, e discretamente (malandramente), o filipino deu três batucadas rápidas, naturalmente indicando desistência, mas assim que Moraes soltou a posição, Geje desceu cotoveladas.

Um erro grave da arbitragem que custou um título mundial. Se o árbitro central errou ao não ver os três tímidos tapinhas, o que dizer dos árbitros laterais que pontuaram a favor do filipino?

Abaixo o vídeo completo da luta; Veja o momento da finalização de Mikinho e da desistência de Geje aos 45s do R5:

DEIXE UMA RESPOSTA