Vídeo: Jr. Preto dá show e aplica o nocaute mais rápido do ACB 82

0
3787
Preto vibra com mais uma vitória no ACB - Foto: Arquivo pessoal
Preto vibra com mais uma vitória no ACB – Foto: Arquivo pessoal

Walter Pereira Júnior, conhecido por “Jr. Preto”, aplicou o nocaute mais rápido do ACB 82, realizado no Clube Hebraica, em São Paulo, nesta sexta-feira, e chegou à sua 14ª vitória na carreira. Preto fez uma preparação completa (incluindo o processo de perda de peso) para enfrentar Magomed Magomedov no ACB 79, na Chechênia, no último dia 27 de janeiro, mas o russo se lesionou e o paulista precisou contar com o apoio dos treinadores e da família para conter a frustração e esperar ansioso pelo próximo compromisso.

Em seguida venho a confirmação de uma nova luta no ACB, dessa vez em casa. Preto havia prometido nas redes sociais que daria um show e cumpriu. Ele entrou confiante, marcou a distância com chutes baixos. Thiago Gaia, atleta duríssimo, representante da Chute Boxe Diego Lima, até então invicto, respondeu com chutes altos. A um minuto do primeiro round, Preto encontrou uma brecha na guarda de Gaia, que parece ter tentado uma joelhada, seguida de socos, e conectou um cruzado no abdômen, na região do fígado. Gaia sentiu o golpe e desabou levando a mão à barriga. Preto correu e definiu com mais socos. Além de aplicar o nocaute mais rápido, a luta também foi a mais rápida da noite entre 14 do ACB 82.

Na comemoração, junto aos técnicos Cristiano Marcello – líder da CM System, Marcelo Zulu – treinador de Wrestling do time e Felipe Silva – atleta do UFC e treinador de Muay Thai da equipe, Preto foi às câmeras e reivindicou a chance pelo cinturão do evento.

Assista Jr. Preto x Thiago Gaia:

Resultados completos:

Mikhail Kolobegov venceu Thiago Silva por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28)
Daniel Sarafian venceu Carlos Eduardo Cachorrão por decisão unânime (triplo 29-28)
Matheus Mattos venceu Naskho Galaev por decisão majoritária (28-28, 28-27, 29-27)
Rodolfo Vieira venceu Alexander Neufang por nocaute técnico aos 3m42s do R1
Taigro Urso Branco venceu Marcos Babuíno por decisão unânime (triplo 30-27)
Christos Giagos venceu Herdeson Capoeira por decisão unânime (30-26, 30-26, 29-28)
Brett Cooper venceu André Chatuba por nocaute a 1m40s do R1
Ary Farias venceu Saimon de Oliveira por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)
Bruce Souto venceu Wendell Negão por decisão unânime (triplo 30-27)
Maycon Boca venceu José Maria Sem Chance por decisão majoritária (28-28, 29-27, 29-27)
Roberto Facada venceu Adilson Jack Godzilla por decisão unânime (30-27, 29-28, 29-28)
Walter Pereira Jr. venceu Thiago Gaia por nocaute técnico a 1m00s do R1
Gregory Milliard venceu Alexandre Hoffmann por nocaute técnico a 1m51s do R1
Emerson Rios venceu Vinicius Barqueta por nocaute técnico aos 5m00s do R1

DEIXE UMA RESPOSTA