Vídeo: Ronaldo Jacaré leva o braço de Tim Boestch para casa e fatura bônus

0
419
Feb 11, 2017; Brooklyn, NY, USA; Jacare Souza (red gloves) fights Tim Boetsch (blue gloves) during UFC 208 at Barclays Center. Mandatory Credit: Ed Mulholland-USA TODAY Sports
Jacaré faz a transição da montada para a kimura e obriga Boetsch a desistir – Foto: Ed Mulholland-USA TODAY Sports

De olho no cinturão dos pesos-médios, Ronaldo Jacaré, Nº 3 do ranking, aceitou enfrentar o “Bárbaro” Tim Boestch, 13º colocado, no UFC 208, neste sábado (11), no Brooklyn, em Nova Iorque. Especialista em jiu-jítsu, o brasileiro já havia declarado que respeitaria as mãos pesadas do rival e tentaria levar a luta para o chão. Dito e feito.

Jacaré aceitou a trocação franca nos primeiros minutos e de forma cautelosa tentou impor o ritmo. Boestch não deu espaços e conectou uma dura combinação de socos. Jacaré, então, optou pelo “Plano B” e mergulhou nas pernas do striker, aplicando uma queda de “ganchinho”, em seguida envergando o braço de Boestch com uma kimuta, aos 3min41s do primeiro round. A finalização rendeu-lhe o bônus de US$ 50 mil pela “Performance da Noite”.

– Eu vim para ser o campeão, fiz meu melhor para ser o próximo para lutar pelo título. Vai ser pior quanto mais tempo me deixarem esperando, porque vou voltar mais treinado. Ninguém vai negar o meu sonho! O Luke está correndo que eu sei, o (Michael) Bisping (atual campeão) é um desastre pra categoria porque não quer lutar com ninguém! – desabafou o capixaba, campeão mundial absoluto de jiu-jítsu.

Resultados – UFC 208:

CARD PRINCIPAL
Germaine De Randamie venceu Holly Holm por decisão unânime (triplo 48-47)
Anderson Silva venceu Derek Brunson por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)
Ronaldo Jacaré venceu Tim Boestch por finalização aos 3m41s do R1
Glover Teixeira venceu Jared Cannonier por decisão unânime (triplo 30-26)
Dustin Poirier venceu Jim Miller por decisão majoritária (28-28, 30-27 e 29-28)
CARD PRELIMINAR
Belal Muhammad venceu Randy Brown por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)
Wilson Reis venceu Yuta Sasaki por decisão (triplo 29-28)
Islam Makhachev venceu Nik Lentz por decisão unânime (30-25, 30-25 e 30-27)
Rick Glenn venceu Phillipe Nover por decisão dividida (27-30, 29-28 e 29-28)
Ryan LaFlare venceu Roan Jucão por decisão unânime (30-26, 30-27 e 29-28)

DEIXE UMA RESPOSTA