Vídeo: Yair Rodriguez aplica nocaute histórico no UFC 25 anos

0
225
Pantera aplica nocaute incrível nos 25 anos do UFC- Foto: Ron Chenoy
Pantera aplica nocaute incrível nos 25 anos do UFC- Foto: Ron Chenoy

De volta à Denver (EUA) 25 anos depois da sua primeira edição, o Ultimate recebeu a cereja do seu bolo de aniversário faltando um segundo para o fim da luta principal, um dos nocautes mais espetaculares, senão o maior de todos nestas duas décadas e meia.

Os pesos-penas Yair Rodriguez e Chan Sung Jung vinham dando o show que os fãs esperavam, protagonizando uma guerra, inclusive premiada com o bônus de “melhor luta da noite” (50 mil dólares cada). Pantera ganhou mais um bônus pela performance, mais 50 mil. Faltando 10 segundos para acabar o quinto round, ambos tocaram as luvas, como quem diz: “vamos dar o último gás?!”. O sul-coreano partiu para cima com o modo “kamikaze” acionado, desferindo socos. O mexicano baixou a cabeça em uma esquiva estilo boxe e nesse mesmo movimento soltou um cotovelada debaixo para cima, pegando o Zumbi Coreano de encontro.

O cronômetro marcava 4min59s quando Chan caiu apagado. Pantera já sem forças pela exaustão comemorou deitado na lona do octógono que levava a logomarca do UFC 1, em comemoração aos seus 25 anos de história. Yair precisou de ajuda para levantar e sair do cage por conta de uma lesão sofrida no pé ainda no primeiro round. Chan recebeu atendimento médico e não participou do resultado oficial na voz de Bruce Buffer.

Assista ao nocaute:

No coevento principal, Donald Cerrone não deu chances a Mike Perry e mesmo caindo por baixo, moveu o quadril para sair no braço e envergar o braço do rival no fim do primeiro round. Cerrone levou mais um bônus da noite para a sua coleção.

Dois brasileiros estiveram em ação. Thiago Moisés vindo do Contender Series estreou com derrota diante de Beneil Dariush por unanimidade. Dariush ditou o ritmo, derrubou e pegou as costas nos três rounds, chegando perto da finalização. Já Davi Ramos, especialista na arte suave, não tomou conhecimento de John Gunther e do seu Wrestling, entrou no single leg, rodou colocando os ganchos e encerrou o combate com um mata-leão a 1min57s. Está foi a terceira vitória consecutiva de Davi e na mesma posição.

DEIXE UMA RESPOSTA