Vitor Miranda revela estratégia para enfrentar Chris Camozzi e prevê desfecho

0
234

Vitor Miranda volta ao octógono neste domingo, pelo UFC Fight Night 88: Almeida x Garbrandt, em Las Vegas. O catarinense mede forças com o experiente Chris Camozzi de olho na quarta vitória consecutiva na organização. Miranda que ganhou notoriedade ao tornar-se vice-campeão do TUF Brasil 3, consquistou três nocautes desde que estreou oficialmente no UFC.

Vitor Miranda quer nocaute no R2 (Foto: Jason Silva)Miranda quer luta movimentada com Camozzi (Foto: Jason Silva)

Ele derrotou Jake Colier com um chute alto e uma sequência de socos no UFC Fight Night 58, Clint Hester com castigo no ground and pound no UFC 190: Rousey x Correia e Marcelo Guimarães também com um chute alto e sequência de socos no UFC 196: McGregor x Diaz. Confiante, Vitor promete mais agressividade contra Camozzi.

– Vou lá me divertir, fazer o que eu sei fazer de melhor, que é lutar. O objetivo é o nocaute e para isso vou encurtar a distância e manter uma postura mais agressiva nessa luta, batendo e saindo em ângulo. Acredito em um nocaute no segundo round, mas se vencer por pontos será ótimo da mesma forma. Procurarei não me expor, atacando sempre de forma estratégica – revelou o peso-médio, emendando o assunto sobre suas metas.

– Tenho evoluído a combate. Estou mostrando para o UFC e para os fãs que mereço um lugar entre os TOP 15 e subir cada vez mais. A minha meta é o cinturão e continuarei trabalhando muito para isso. Conto com o apoio de todos vocês.  – finalizou Miranda, em um vídeo publicado na fan page do UFC no Facebook, direto de Las Vegas.

Com um cartel de 12 vitórias e 4 derrotas, o brasileiro encara um atleta com o currículo mais extenso. Camozzi possui 23 vitórias e 10 derrotas e acumula dois resultados positivos em suas últimas três apresentações desde que retornou ao maior evento de MMA da atualidade.

UFC Fight Night 88: Almeida x Garbrandt
29 de maio, em Las Vegas (EUA)

CARD PRINCIPAL (a partir de 22h de Brasília):

Peso-galo: Thomas Almeida x Cody Garbrandt
Peso-pena: Renan Barão x Jeremy Stephens
Peso-meio-médio: Rick Story x Tarec Saffiedine
Peso-médio: Chris Camozzi x Vitor Miranda
Peso-meio-médio: Jorge Masvidal x Lorenz Larkin
Peso-leve: Josh Burkman x Paul Felder

CARD PRELIMINAR (a partir de 19h de Brasília):

Peso-galo: Sara McMann x Jessica Eye
Peso-leve: Abel Trujillo x Jordan Rinaldi
Peso-médio: Jake Collier x Alberto Uda
Peso-leve: Erik Koch x Shane Campbell
Peso-galo: Aljamain Sterling x Bryan Caraway
Peso-pesado: Chris de la Rocha x Adam Milstead

COMPARTILHAR
Artigo anteriorBrasileiros sofrem “goleada” na Rússia; Soldado perde após dez anos
Próximo artigoAo vivo: Assista à pesagem oficial do UFC: Almeida x Garbrandt, às 20h
Um apaixonado pelas artes marciais, inspirado pelo meu pai que assistia todas as lutas de boxe na década de 70, 80. Depois passei a acompanhar o Vale-Tudo a partir da década de 90 até a evolução para o MMA atual, em que tivemos como principal referência o sucesso do Pride no Japão e o maior evento do mundo, o UFC, um fenômeno que não para de crescer. Conheço a luta na prática. Comecei com o karatê na adolescência, mas não cheguei a me graduar. Já maior de idade, iniciei no Jiu-Jítsu em 2004 e nunca mais abandonei. Além de treinar, participo de competições. Minha maior conquista foi subir no pódio do Sul-Americano de JJ da CBJJ. Criei o site www.mmasul.com.br em 2008, com o objetivo de colaborar com o MMA nos três estados que compõem a região Sul (RS, SC e PR). Fui adiante. Além de fomentar o jornalismo marcial na região, levei o MMASUL a alcançar visibilidade e credibilidade de leitores e fãs e de colegas de imprensa de todo o Brasil. Após mais de sete anos de sucesso, resolvemos inovar e lançar um nome nacional, o maismma.com, a continuação do MMASUL. Estamos no ar, em busca da evolução diária, das melhores coberturas e das melhores notícias. Sempre ágeis e precisos nas informações do mundo do MMA. Agora, somos #MAISMMA. Fazer o que a gente ama não tem preço. É com enorme prazer que faço as coberturas de eventos, escrevo, entrevisto e fotografo. Agora, rumo às cerca de 20 coberturas de UFC, além de inúmeras participações como convidado de programas no canal Combate. Um abraço especial a você que parou alguns segundos para saber mais sobre mim e sobre o maior site especializado em MMA do Sul do país. Não esqueça de aproveitar para visitar o maismma.com e seguir-nos no Twitter: @MMASUL. Muito obrigado, FAMÍLIA! "O jornalismo é uma paixão insaciável que só se pode digerir e humanizar mediante a confrontação descarnada com a realidade. Quem não viveu a palpitação sobrenatural da notícia, o orgasmo do furo, a demolição moral do fracasso, não pode sequer conceber o que são. Ninguém que não tenha nascido para isso e esteja disposto a viver só para isso poderia persistir numa profissão tão incompreensível e voraz, cuja obra termina depois de cada notícia, como se fora para sempre, mas que não concede um instante de paz enquanto não torna a começar com mais ardor do que nunca no minuto seguinte." Parte do texto: "A melhor profissão do mundo" Por Gabriel García Márquez (Jornalista, editor e escritor colombiano, prêmio Nobel de Literatura em 1982, autor do aclamado "Cem anos de Solidão")

DEIXE UMA RESPOSTA