Woodley sobre Dana: “Você me deve um pedido de desculpas público”

0
356

O campeão dos meio-médios, Tyron Woodley, proferiu duras palavras ao chefe do UFC, Dana White, após defender seu título contra o brasileiro Demian Maia. Ele se defendeu das críticas de Dana durante um podcast, na segunda-feira. 

Tyron já havia tido uma atuação decepcionante em sua luta anterior, contra Stephen Thompson, e repetiu a dose contra Demian Maia. O campeão alegou uma lesão na mão como a justificativa para a atuação apagada.

– Ele me deve uma desculpa pública. Você vai me criticar publicamente, Dana White? Então você me deve um pedido de desculpas público. Não fiz nada além de coisas boas pelo esporte. Não fui nada além de um bom exemplo para a p*** da organização. Eu entro lá e luto com integridade. Eu cobri seu esporte como analista na TV uma semana antes da minha luta. Sempre cumpro minhas responsabilidades com a organização. Você precisa ser homem e me pedir desculpas publicamente. E se eu não receber isso, vou começar a vazar algumas m*** que as pessoas não querem que estejam soltas por aí.

Woodley também se defendeu dizendo que ele é o único a ser cobrado em todas as ocasiões. Segundo ele, Stephen Thompson e Demian Maia não foram responsabilizados pelas lutas nada animadoras. Tyron também se pronunciou sobre o possível combate com Georges St. Pierre e não mostrou uma resposta que agradasse aos fãs.

– Eu nunca esperei a luta contra Georges St-Pierre. Você me ouviu na coletiva de imprensa (…) Ele disse, ‘Se você vencer (enfrentará Georges)’, V-E-N-C-E-R. Essa foi a palavra. Fiquei surpreso? Vocês me viram reagir de forma negativa quando me disseram, ‘Oh, Dana disse que Bisping vai receber a luta?’. Eu já sabia. Minha luta não tinha nada a ver com isso. Eles iam se enfrentar de qualquer forma – garantiu Tyron Woodley.

DEIXE UMA RESPOSTA