Eddy Silva estreia no Shooto com vitória e mira cinturão dos galos

0
699
Eddy explora os chutes altos para pontuar contra Nico – Foto: Marcell Fagundes

O carioca Eddy Silva conquistou uma vitória importante no último sábado, dia da Independência do Brasil, no Shooto Brasil. Com um Muay Thai afiado, que é a sua especialidade, Eddy frustou as tentativas de queda do uruguaio Nico Barna e de forma estratégica evoluiu durante o combate, encurralando e golpeando com maior intensidade no terceiro round, decretando a vitória por unanimidade. Pupilo do ex-UFC Wendell “Negão” Oliveira, Eddy acredita que essa boa atuação ao vivo no maior canal de lutas do Brasil irá alavancar sua carreira. 

– Fiz uma atuação digna de um striker, com bons chutes, cotoveladas e joelhadas voadoras. Essa foi minha estreia no Shooto Brasil e cheguei querendo o cinturão. Será uma porta pra eu chegar aos eventos internacionais – mira o peso-galo, que levantou a torcida ao soltar um chute inspirado no ex-campeão peso-leve do UFC Anthony “Showtime” Pettis. O chute não acertou Nico, mas que foi bonito, foi. Essa foi a quinta vitória do brasileiro em sete confrontos.

Shooto Brasil 95 
ViVi Arena, no Flamengo (RJ) 
Sexta-feira, 6 de setembro de 2019

-Dayana Silva venceu Sidy Rocha por decisão unânime dos jurados 
-Luan Danger x Marcone Muniz terminou em empate majoritário 
-Rangel de Sá venceu Caio Cocão por nocaute no 1R 
-Fernando Tourinho venceu Daniel Ribeiro por decisão unânime dos jurados
Eddy Silva venceu Nico Barna por decisão unânime dos jurados 
-Clemente Soto Jr venceu Ugo Monstro por decisão unânime dos jurados
-Felipe Queiroz finalizou Lucas “Xaropinho” com um mata-leão no 1R 
-Edna Oliveira venceu Evelin Gomes por decisão unânime dos jurados
-Antonio Eduardo finalizou Márcio Kick com um mata-leão no 1R 
-Felipe Oliveira venceu Léo Jason por decisão unânime dos jurados

DEIXE UMA RESPOSTA