Felipe Silva comemora contrato com o UFC e analisa adversário na estreia: “Nenhum bicho de sete cabeças”

0
149

Mais um brasileiro assina com o maior evento do planeta. O mineiro Felipe Silva é o mais novo peso-leve contratado pelo UFC. Nascido em Juiz de Fora, onde administra junto com o irmão Fabiano Silva o centro de treinamentos Pro Fight Team, Felipe passa a maior parte do tempo em Curitiba. Além de representar a CM System como lutador, Felipe é responsável por afiar a trocação da equipe.

Felipe Silva assina com o UFC e avisa: "Se depender de mim é nocaute" (Foto: Arquivo pessoal)
Felipe Silva assina com o UFC e avisa: “Se depender de mim é nocaute” (Foto: Arquivo pessoal)

 

Com data e adversário definidos, o especialista em muay thai estreia contra o canadense Shane Campbell, no dia 27 de agosto, no UFC Vancouver. Invicto em sete combates, Felipe derrotou seis adversário no primeiro round, cinco sendo nocautes e uma finalização, a sétima vitória ocorreu por decisão unânime. Campbell possui um cartel de 10 vitórias e cinco derrotas. Em suas últimas três lutas na organização ele venceu apenas uma, contra o brasileiro Elias Silvério, em agosto do ano passado.

– É uma coisa que a gente já estava esperando há algum tempo. A minha equipe e meus empresários vinham negociando. Depois da minha vitória na Finlândia eles falaram que seria UFC. Mas, quando chega a notícia a gente se surpreende, não acredita. Agora tudo certo, contratado. Vamos focar o máximo possível – explica Felipe, que comentou as qualidades de Campbell.

– Ele é um cara do kickboxing, campeão mundial inclusive. Provavelmente essa luta irá se desenrolar em pé. Sou da luta em pé, gosto de trocar, de medir a febre ali em pé, e no chão minha equipe dispensa comentários. Tenho o Cristiano Marcello, um técnico excepcional de jiu-jítsu para o MMA, no wrestling tenho o Marcelo Zulu, 14 vezes campeão brasileiro de luta olímpica, sem palavras. Confio muito no trabalho da equipe. Estou preparado – garantiu o mineiro, antes de concluir mostrando muita confiança na vitória.

– Deus não joga um fardo na sua mão, maior do que você possa carregar, e esse fardo tenho certeza que vou poder carregar. A gente luta, luta para chegar e agora é lutar para se manter dentro do maior evento do mundo. Embarco hoje para Curitiba (de Juiz de Fora) para um camp intenso de cinco semanas. Tenho certeza que a minha equipe irá formar o melhor camp que já fiz até hoje. Analisei o canadense, não é nenhum bicho de sete cabeças. O nível lá (no UFC) é muito igual. Mas podem ter certeza que se depender de mim será mais um nocaute.

DEIXE UMA RESPOSTA