Direto dos EUA, Bate-Estaca conta como pretende liquidar Angela Hill e ganhar o title shot

0
1137
Bate-Estaca e o treinador Paraná direto de Houston - Foto: Arquivo Pessoal
Bate-Estaca e o treinador Paraná direto de Houston – Foto: Arquivo Pessoal

Jéssica “Bate-Estaca” Andrade desembarcou em Houston, no Texas, nesta terça-feira, confiante na vitória diante de Angela Hill no próximo sábado, no UFC Fight Night 104, evento que marca a volta de Chan Sung Jung, o “Zumbi Coreano”. Ele lutou pela última vez em agosto de 2013, quando desafiou José Aldo – em seguida atendeu ao chamado do exército de seu país, permanecendo mais de três anos afastado.

Jéssica que viajou antes para se adaptar e tirar os quilos que ainda faltam, conversou com o MAISMMA direto de Houston. A atleta da PRVT contou detalhes sobre a preparação, lembrou aos fãs de que já foi feita a a oferta pelo cinturão antes desse compromisso, e o que espera que aconteça no duelo com Hill, para enfim, aceitar enfrentar a campeão dos palhas.

– Já estou quase no peso, faltam cerca de 4 kg. Estou bem preparada. Nas casas de apostas estou como favorita, mas não importa quem é a favorita antes da luta, o negócio é entrar lá e dar o meu melhor e sair do octógono com a vitória. Isso é importante. Preciso apenas fazer o que treinei que a vitória virá, tenho certeza. Vou para cima dela em busca do nocaute – garantiu, antes de dar detalhes sobre o possível confronto com Joanna Jędrzejczyk.

– Sobre o cinturão? Lembro a vocês que o UFC ofereceu a disputa contra a Joanna, mas preferimos fazer mais um luta e afiar mais o jogo para disputar o título. Não penso em nada a não ser nessa guerra de sábado com a Angela, depois sim, quero o cinturão. Joanna, aguarde. Estou chegando – avisou Bate-Estaca.

DEIXE UMA RESPOSTA